Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

12
Out 16

 

IMG_6928.JPG

 A chuva chegou ontem à capital e mansinha lavou e refrescou as ruas e passeios. Pecou por demasiado tarde, pois no campo não colaborou com o lavrador que na vinha e outros produtos da lavra fazia jeito ter chegado tempos antes das vindimas e colheitas do São Miguel. Mas veio no tempo que a natureza destinou, e nessa área ninguém se pode pronunciar, pois nem o homem que se tem atrevido a ir à Lua, consegue travar a chuva e o vento quando estes resolvem evidenciar o seu potencial. Fez jeito com esta sua mansidão, e foi bem vinda à região alfacinha. Se foi assim por todo o país é de agradecer, e neste 12 de Outubro com muita mais razão. 

BBxiQxL.jpg

 Porem, como aos lavradores, também às autoridades militares que nas aldeias de Candal, Póvoa das Leiras e Coelheira (São Pedro do Sul) tentam capturar o assassino de Aguiar da Beira que aqui se refugiou, quer a chuva e quer o nevoeiro se colocaram a favor do criminoso, a monte naquela zona servida pela EN. 326 que liga S. Pedro do Sul a Arouca. E quanto a estragos não ficamos por aqui, pois quem tem figueiras e não apanhou os figos atempadamente, com esta chuva outonal ficou sem figos.

IMG_6927.JPG

 Mesmo assim, no próximo fim de semana, se Deus deixar, vou dar uma saltada até à capital do barro leiriense, e na minha figueira se ainda houver, colher alguns, mesmo que com a “ boca aberta” como acontece após a chuva cair.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 21:07

05
Jun 16

Imagem (126).jpg

 A Beira Baixa a quem alguns geólogos consideram a Beira Transmontana, a terminar nas margens do Tejo, tem na cidade da Covilhã ponto referencial. Situada na Região Centro, e na sub-região da Cova da Beira, distrito de Castelo Branco e na antiga província de Beira Baixa, esta cidade e sede de município ergue-se á porta da Serra da Estrela onde pelas Penhas da Saúde atinge  Nave de Santo António e pela freguesia de Unhais da Serra estende-se até à Torre, o ponto mais alto de Portugal Continental. Na sua área urbana fica a freguesia de Tortosendo, onde se situa o primeiro seminário do Verbo Divino estabelecido em Portugal. – Este postal foi por mim enviado para a minha esposa, em 27/09/75.

Imagem (130).jpg

 Vizinho da Covilhã é o município da Manteigas, embora já do Distrito da Guarda. Ali se situa o Poço do Inferno uma curiosa catarata donde a água cai a mais de 10 metros e se precipita com ímpeto num pequeno poço provocando uma espécie de música terapêutica que neste bucólico recanto da serra é muito apreciado. Fica num desvio junto ao Viveiro das Trutas, à saída de Manteigas, de quem vai pelo vale do Zêzere para a Nave de Santo António. Creio que já dei noticia noutro local, mas repito: um dia estando nas Fisgas de Ermelo de passagem da minha aldeia para Lisboa, travei conversa com um casal, também de visita às Fisgas. A certa altura veio à baila o Poço do Inferno que segundo ele era muito semelhante às quedas do rio Olo. Fiquei muito surpreendido, e porque quis confirmar, em vez de seguir directo a Lisboa aí vou eu apontado a Manteigas. Bem. Não foi uma desilusão porque tudo quanto são motivos paisagísticos desta natureza merecem admiração, mas considerar uma catarata que ronda uns 10 metros de altura, com as Fisgas de Ermelo é mesmo de quem sofre de miopia. – Mais um postal, com a mesma data e para a mesma criatura, enviado da Covilhã.

Imagem (128).jpg

 E continuando por terras da Beira, vamos até Trancoso, cidade portuguesa, pertencente ao Distrito da Guarda e situada na região Centro, sub-região da Beira Interior Norte. Sede de município, confronta com os concelhos de Penedono, Meda, Pinhel, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Aguiar da Beira e Sernancelhe. O seu castelo que os Templários receberam por doação, e as muralhas que cercam o centro histórico da urbe está classificado por Monumento Nacional desde 08 de Junho de 1921. Este castelo conserva restos de uma torre que foi capela da cidadela sob invocação de Santa Maria Madalena. Trata-se dos mais importantes monumentos de Trancoso, que merece visita de quem aprecia terras com história. – Este postal foi-me enviado da Meda-Coriscada, em 21/07/1972, pela beirã Aldina Almeida. 

Imagem (127).jpg

 Descendo a Beira Alta de Trancoso até São Pedro do Sul aqui nos detemos por momentos a falar desta vila portuguesa que é sede de um município do Distrito de Viseu, região Centro e sub-região do Dão-Lafões. Limita com os concelhos de Castro Daire, Viseu, Vouzela, Oliveira dos Frades, Vale de Cambra e Arouca. Famosa pelas suas águas termais com mais de dois mil anos de história. As Termas de São Pedro do Sul dispõe de serviço de fisioterapia com profissionais excelentes e modernos equipamentos, assim como a localidade com espaços hoteleiros acolhedores e acessíveis. Para além do Palace S. Pedro do Sul Hotel, da INTEL, quem procura aquelas águas medicinais para tratamento de doenças do foro respiratório, doenças reumáticas e musculo-esqueléticas ou doenças metabólico-endócrinas, encontra naquela estancia das margens do Vouga tudo que de conforto precise. - E por este postal cuja data ignoro, fica realçado o Balneário antigo, o Hotel Vouga, o Hotel Lisboa, a Pensão Ultramarina e, no centro, uma nascente donde a água sai á temperatura de 68.7º C. Um país rico de motivos que nos convidam  a conhecer os encantos e recantos de Portugal

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 21:26

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO