Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

16
Jun 18

j24y8177[1].jpg

Vizinhos, mas que diferença de pensar e agir! Enquanto na vizinha Espanha a corrupção faz cair um governo, em Portugal é a corrupção que alimenta e mantem em função um governo. Vamos a ver por quanto tempo num lado e outro os dois povos estão dispostos a manter este estado de coisas, começando por cortar as asas aos abutres que em nome da liberdade na árvore do poder têm assento privilegiado. Os golpes da política são estudados e bem urdidos, e infelizmente a indiferença do povo perante esta realidade ajuda a que cresçam e sobrevivam estas aves de rapina. Nem os próprios partidos estão interessados em ver o eleitorado esclarecido pois sabe que se toma uma atitude mais coerente com a realidade económica, política e social logo vem outro aproveitar para fazer promessas vãs ou enganadoras que o povo gosta de ouvir e dá votos.

images[8].jpg

É tempo de dizer não aqueles que mentem e faltam à promessa que mereceu o nosso voto. Que votem aqueles que por serem sócios comem da mesma gamela, mas não os que sendo apenas simpatizantes levam pela tabela e sem conta nem medida. Dum ex-bastonário da Ordem dos Advogados vi há dias no facebook um vídeo onde aconselhava que mais valia não ir às urnas votar, e explicava a razão porque os partidos têm tanto interesse que o eleitor não fique em casa em dias de eleições. Claro que se está em jogo casos de vida ou morte, como a Eutanásia, ninguém deve ficar em casa. Mas em Portugal, nem foi preciso, pois um governo que se apoderou do poder e guisou uma “geringonça” para governar, em vez de tratar dos problemas económicos e sociais com que o país se confronta, leva para o Parlamento questiúnculas que são do foro íntimo de cada um, e não de duas centenas de indivíduos. - E nem todos concordantes. Por isso as propostas foram derrotadas.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 16:07

10
Jun 18

safe_image (1)[1].jpg

A vida é um dom sagrado que só por loucura ou desespero alguém ousa livremente destruir. Um estado que toma a liberdade de propor a eutanásia por sua conta e risco só o faz para se libertar do peso que os doentes terminais constituem para o orçamento desse estado destituído de valores morais e éticos que em vez de dignificar um país e uma sociedade antes são motivo de rebaixamento e animalização. O modo como em Tempo Caminhado se fez a ilustração de um artigo divulgado no final do mês de Maio é bem elucidativo e vem na sequencia assunto que começa por dizer: “Discutir a Eutanásia ou outro assunto de importância vital para o país, exige coragem. Os do costume que, por esta ou por aquela razão, passam sempre pelos pingos da chuva e nada de mal lhes acontece, dão “uma no cravo e outra na ferradura”, manipulando escabrosamente o povo ingénuo".

BGFAAC3Q.jpg

Os problemas do país, é tempo de o assumir, têm origem numa certa roubalheira. E enquanto a ladroagem do costume impuser os destinos da Pátria à semelhança do seu umbigo, não sairemos da cepa torta”. Eu sempre pensei e vejo confirmado que um dos empenhos do PS alcançar o poder era libertar da alçada da justiça os seus amigos corruptos, e lá vejo agora no mesmo artigo a citação “Quem permite que tipos como o Sr. Vara, depois de condenados a prisão efectiva, continuem livres como passarinhos?”. E termina muito bem: “Com um Estado corrupto como o nosso, e uma previsão de crescimento económico a rondar os 2,2% é, pois, preciso distrair o Zé!” Também em post que divulguei antes tinha adiantado: “Por termo à vida destes seres humanos é mais fácil. Pena por serem os mesmos que condenam os touros de morte nas touradas e o abate de lobos e outros animais selvagens como eles. Bem andou o bispo do Porto, D. Manuel Linda, quando em entrevista que concedeu à Radio Renascença louvou a coerência do PCP que não sendo de índole católica se mostrou contra a eutanásia”. Creio que vai sair caro a todos os partidos que não tiveram a coragem de serem coerentes com os bons costumes e a responsabilidade do cargo para que foram eleitos. Estão a fazer do povo asno, mas sujeitos a levarem um coice. A sorte é que todos têm telhados de vidro ...

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 23:00

Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO