Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

08
Dez 18

DSC01466.JPG

Foi ontem, dia 07, a sepultar o bajouquense Sr. Joaquim Domingues Fernandes, tinha 87 anos. Era casado com a Srª Guilhermina Vieira Alberto Fernandes e pai de Maria José Correia Fernandes, Maria Fernanda Correia Fernandes Soares, Ana Maria Correia Fernandes, Maria da Conceição Correia Fernandes, e de Agostinho Correia Fernandes, já falecido também. Figura muito estimada era irmão de Agostinho Fernandes, Adelino Fernandes, Maria da Luz Fernandes, e Dr. José Vitória Fernandes. Destes quase com todos convivi, e mais ou menos de perto conheço. Com missa de corpo presente às 15h00, e tendo por celebrante o Sr. Padre Davide Gonçalves, pároco da Bajouca, aos cânticos presidiu seu irmão Agostinho que faz parte do coro da Sé e é acostumado no Santuário de Fátima. Ao órgão esteve o Sr. Tem-Coronel Carlos Afonso. Findas as cerimónias o cortejo fúnebre seguiu para o cemitério da freguesia onde ficou sepultado. Paz à sua alma, e à família em luto sentidas condolências.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 18:56
tags:

25
Jun 18

36114163_1824922287528629_390964984554717184_n[1].

Como antecipadamente noticiei no sábado houve sardinhada na Bajouca, e como também disse foi com muita pena que não tomei parte na ramboia. Mas logo previ que ia ser festa rija pois até a ti Luzia do Virgílio Sousa tomou parte do tradicional festejar do São João que aconteceu no que foi chamado Lugar da Capela e hoje se designa por Bajouca Centro. No recatado espaço que o ti Bernardino Afonso em atenção à filha Lígia e ao genro Francisco generosamente disponibiliza nestas ocasiões festivas em que há arraial ou qualquer outro evento promovido em prol da comunidade.

36188978_1824922344195290_245901622318727168_n[1].

O dia não podia ser mais azado para este evento ao calhar em fim de semana, só que também nessa ocasião a Igreja tem a preocupação de amimar o Precursor com as devidas honras o que retira algum do populismo com que habitualmente o povo festeja São João. Desta vez até em Braga, Marcelo Rebelo de Sousa foi impedido de festejar, com uma baixa de tensão que não estava no programa. São avisos.

15149480_kbF6p[1].jpg

Agora vem aí São Pedro, na Bajouca não há tradição de ser festejado, mas muitos bajouquenses vão andar por terras onde São Pedro é rei, como  Povoa de Varzim se calhar passarem por lá é aproveitarem para apreciar a boa gastronomia da “sardinha assada, com pimentos, broa, caldo verde e vinho que são elementos da festa”. E não se esqueçam da oração: “ Ó São Pedro, pedra viva da Igreja fundada por Jesus Cristo, Vós que fostes chamado pelo Senhor para ser pescador de homens e mulheres, Vós que dissestes: “Senhor, a quem iremos? Pois só Tu tens palavras de vida eterna”, vinde em meu auxílio com vossa intercessão junto a Deus, dando-me coragem para seguir o vosso exemplo de amor fiel a Cristo e anunciar a Boa Nova na família, na comunidade, no trabalho e em toda parte. Ó São Pedro, Vós que fizestes a mais bela declaração de amor: “Senhor, tu sabes que eu te amo”, ensinai-me, hoje, o caminho da justiça para que eu tenha saúde e paz e alcance a graça que Vos peço. (Aqui se faz o pedido):

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 21:33

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO