Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

06
Mar 18

DSC02106.JPG

“Freguês de Benfica” é um jornalinho publicitário e com muita informação cultural à mistura que apesar de tão perto da minha morada e de servir uma freguesia que visito quase todos os dias, e há muitos anos, não era meu conhecido. Verdade que também só tem de vida três anos, e por Director tem Francisco Morais Sarmento. Soube da sua existência e que se tratava de uma publicação mensal, pelo seu Número 27, graças a um meu amigo e vizinho que o adquiriu para me oferecer, ao ver que na primeira pág. constava o nome de uma figura que ele sabia ser minha conhecida, era o Cónego João António de Sousa.

26908100_1665669763485955_5352965468108554407_n[1]

Este insigne sacerdote foi pároco de Nossa Senhora do Amparo de Benfica, entre 1982 e 2007 e ali se manteve a dar apoio nas celebrações eucarísticas, no confessionário e no mais que a paróquia lhe solicitava e as suas forças permitiam fazer. Além disso foi também professor na Universidade Católica, assistente da  Acção Católica e presidente do Conselho de Gerência da Rádio  Renascença.  Natural da freguesia de Assentiz (Torres Novas ) onde nasceu no lugar de Casais de Igreja, a 18 de Novembro de 1928. Faleceu em Lisboa, no Hospital de Santa Maria no pasado dia 20 de Fevereiro, com 89 anos. O seu funeral, com missa de corpo presente foi concelebrada e presidida pelo senhor cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, na igreja de Benfica, no fim daquale a urna seguiu depois para Casais de Igreja onde também antes de ser sepultado no cemitério da sua terra natal, houve Missa na igreja paroquial presidida por D. José Traquina, bispo de Santarém. Bispo que também foi pároco de Nossa Senhora do Amparo, e com ele trabalhou. Deixou saudades este bondoso, sábio e laborioso sacerdote do patriarcado

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 12:44

27
Fev 18

image[1].jpg

 Sempre que podia gostava de ouvir o padre Dâmaso , no programa "Caminhos da Vida", da Radio-Renascença. Hermano Nicolau Maria Lambers, nasceu na Holanda, a 9 de Junho de 1930 e faleceu em Lisboa, no passado dia 22, com 87 anos. Figura carismática que na Rádio conquistou ouvintes e muito evangelizou com seus conselhos e ensinamentos, e muito empenho sacerdotal.

DSC02089.JPG

Segundo ele o seu sonho quando foi ordenado era ir para as ilhas de Cook, na Nova Zelândia, só que entretanto o seu superior provincial disse-lhe que o cardeal – patriarca de Lisboa, D. Manuel Gonçalves Cerejeira, precisava de três padres para missões populares na província, e o sonho derreteu-se em Lisboa.

DSC02070.JPG

Ordenado em 1955, dois anos depois já este sacerdote da Congregação de Jesus e Maria, que adoptou o nome de Dâmaso, está em Portugal; e também dois anos depois de cá viver foi um dia convidado para dar uma conferência na prisão feminina de Tires: correu tão bem que o convidaram para repetir a exposição noutras cadeias, um pouco por todo o país. 

DSC02082.JPG

Descobriu então «que tinha encontrado a sua principal vocação e, primeiro como visitador, depois como capelão, ajudou inúmeros homens e mulheres a encontrar Jesus dentro de quatro paredes. Ficou conhecido como o “padre das prisões”».

DSC02092.JPG

Outro labor em que o padre Dâmaso se distinguiu foi na introdução dos Cursilhos de Cristandade em Portugal, bem como na fundação da associação “O Companheiro” destinada aqueles que  se sentem marginalizados. Esta com oficinas na Av. Marechal Teixeira Rebelo (no Charquinho-Benfica). – Vi, neste derradeiro adeus, muita gente dessa ajoelhar diante da sua humilde urna.

DSC02076.JPG

O corpo da padre Dâmaso esteve desde sexta-feira, dia 23 na igreja de Nossa Senhora do Amparo em Benfica, por onde passaram muitas figuras publicas e sobretudo anónimas que mantiveram aquele templo sempre quase cheio. Das publicas destaco o Sr. Presidente da Republica e António Sala que lá vi na sexta-feira na missa das 19h30. 

DSC02081.JPG

Com missa concelebrada, às 10h30, a que presidiu o Sr. Cardeal-patriarca, D. Manuel Clemente, os restos mortais do saudoso sacerdote seguiram para o cemitério de Alcabideche, com passagem e paragem na cadeia de Tires, onde tanto serviço prestou e apostolado fez 

DSC02086.JPG

As muitas pessoas que no fim de missa fizeram questão em passar em frente da urna, demorou tempo mas ninguém ficou impedido de o fazer.

 O vídeo mostra melhor

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 20:03

23
Fev 18

image[1].jpg

Sempre que podia gostava de ouvir o padre Dâmaso , no programa "Caminhos da Vida", da Radio-Renascença. Hermano Nicolau Maria Lambers, nasceu na Holanda, a 9 de Junho de 1930 e faleceu em Lisboa, no passado dia 22, com 87 anos. Figura carismática que na Rádio conquistou ouvintes e muito evangelizou com seus conselhos e ensinamentos, e muito empenho sacerdotal. Segundo ele o seu sonho quando foi ordenado era ir para as ilhas de Cook, na Nova Zelândia, só que entretanto o seu superior provincial disse-lhe que o cardeal – patriarca de Lisboa precisava de três padres para missões populares na província, e o sonho derreteu-se em Lisboa.

DSC02070.JPG

Não terá ficado muito contente, mas como é norma obedeceu e viaja para Lisboa. Ordenado em 1955, dois anos depois já este sacerdote da Congregação de Jesus e Maria, que adoptou o nome de Dâmaso, está em Portugal. E também dois anos depois de cá viver foi um dia convidado para dar uma conferência na prisão feminina de Tires: correu tão bem que o convidaram para repetir a exposição noutras cadeias, um pouco por todo o país. 

DSC02066.JPG

Deus mostrou-lhe «que tinha encontrado a sua principal vocação e, primeiro como visitador, depois como capelão, ajudou inúmeros homens e mulheres a encontrar Jesus dentro de quatro paredes. Ficou conhecido como o “padre das prisões”». Outro labor em que o padre Dâmaso se distinguiu foi na introdução dos Cursilhos de Cristandade em Portugal, bem como na fundação da associação “O Companheiro” destinada aqueles que  se sentem marginalizados. Vi hoje muita gente dessa ajoelhar diante da sua modesta urna.

DSC02077.JPG

O corpo da padre Dâmaso está até amanhã, sábado dia 26, às 10h30, na igreja de Nossa Senhora do Amparo em Benfica, onde chegou hoje às 17h00, vindo do Hospital de Jesus. Muita gente anónima e conhecida, como o Sr. Presidente da Republica, António Sala, entre tantos outros dos notáveis. A carta que pelo Natal o padre Dâmaso dirigiu aos Reclusos e aos Outros...valeu pela minha ida à missa das 17h30 desta sexta-feira. Ei - de reproduzi-la. 

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 21:56

02
Nov 16

cemit 007.JPG

(Neste jazigo, do cemitério de Benfica-Lisboa, repousa o corpo do venerável Padre Cruz)

Hoje é DIA DOS FIEIS DEFUNTOS temos obrigação e dever de recordar todos, mas em especial os que por laços familiares e amizade já foram à nossa frente. Como também recordar o respeito que devemos ter pelos seus restos mortais, e que a Santa Igreja Católica recomenda e dá a saber por nota do Vaticano, ao determinar que “a Igreja continua a preferir a sepultura dos corpos uma vez que assim se evidencia uma estima maior pelos defuntos”.“A cremação não é proibida”, mas a “conservação das cinzas em casa não é consentida” e “para evitar qualquer tipo de equívoco panteísta, naturalista ou niilista, não é permitida a dispersão das cinzas no ar, na terra ou na água ou, ainda, em qualquer outro lugar”. Assim, estas devem ser depositadas em “num lugar sagrado, isto é, no cemitério ou, se for o caso, numa igreja ou num lugar especialmente dedicado a esse fim determinado pela autoridade eclesiástica». Pôr aqui os pontos nos "ii" : é bem preciso, porque o respeito devido aos mortos anda muito adulterado.  

 

 

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 14:23

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO