Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

27
Dez 18

doc-20040816-2305500-lisb465313_1_2_770x433_acf_cr

Faleceu Catalina Pestana, a senhora que denunciou os pedófilos que abusaram de alunos da Casa Pia. Tinha 72 anos e morreu vitima de doença prolongada. Esta antiga professora, foi nomeada provedora da Casa Pia em 2002, depois do escândalo de pedofilia naquela instituição. Dos acusados além de Carlos Cruz e do embaixador Rito, outros como os socialistas Paulo Pedroso e Ferro Rodrigues andaram na boca do mundo. Todos tiraram a água do capote, só o Cruz, o Rito, e mais uns tesos, como eu é que fugiram de entrar nas grades…Mas o facto é que esta senhora se impôs e fez a justiça atuar, até que chegou a hora do repouso, e como agora tudo voltou ao mesmo: caladinhos como ratos e a minar nas bases do que se não devia fazer por ser anti-democrático. Foi hoje, dia 23, a sepultar, por volta das 12h00, da igreja da Cruz Quebrada para o cemitério de Barcarena-Oeiras (onde cremado). Nenhum dos notáveis governamentais se dignou comparecer nas cerimónias fúnebres, com medo que ela se levanta-se do caixão e denunciasse mais algum. Até a PR, com algum receio se fez representar por alguém da sua casa militar. Prova que são mais os adeptos da pedofilia do que gente decente e agradecida a quem a combate. Mas eu não posso falar porque também não fui, se bem que fosse por não estar em Lisboa. Uma coisa garanto, logo pela manhã rezei pela sua alma e prometo continuar a rezar por ela e por todos aqueles que como ela combate os sem vergonha tais atos sem respeito pela juventude indefesa.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 17:53
tags:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

16
17
20
21
22

23
25
26
28
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO