Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

14
Set 14

          São Pedro de Lourosa é uma paróquia da diocese de Coimbra, concelho de Oliveira do Hospital, hoje integrada na União das freguesias de Lagos da Beira e Lajeosa. Foi doada à Sé de Coimbra por D. Teresa, a 13 de Março de 1119. D. Afonso Henriques coutou-a , incluindo a metade da Sé, com outra parte que pertencia a Pedro Usureis.

         Situada a sul do alto do monte de Santa Cruz, esta localidade é muito conhecida sobretudo pela sua igreja, que remonta à época da primeira reconquista ( 912), não obstante na sua construção tenham sido aproveitados materiais visigóticos e romanos, possui uma ara dedicada a Júpiter, o que comprova a persistência de cultos antigos.

 

          Já por lá devo ter passado, mas não conheço esta Lourosa - há diversas no país -, de Oliveira do Hospital. Mas tenho um velho amigo que por lá ter nascido, conhece muito bem a localidade e faz questão em divulgar. Apreciador do nosso património histórico-cultural, numa das suas recentes visitas ao torrão natal, sentiu-se atraído pelo encanto daquele templo sagrado, fonte onde gerações sem conta encontraram sentido de vida e saciaram a sua sede de protecção divina, vai de me presentear com imagens colhidas do interior dessa igreja paroquial, acompanhadas com a seguinte mensagem:

          "Amigo Costa Pereira

          De passagem pela minha aldeia, dei um pulo á sede da freguesia de Lourosa, concelho de Oliveira do Hospital,onde decorria a azáfama de montar a feira Moçárabe que anualmente ali é levada a cabo, no adro da igreja também ela de estilo moçárabe e classificada monumento nacional, e aproveitei a oportunidade para tirar algumas fotos do interior ( por telemóvel, daí a razão porque não têm grande qualidade ).Resolvi enviar-lhe estas fotos porque devido ao seu meritório interesse pela divulgação de jóias raras de natureza religiosa, talvez, quem sabe, se o meu amigo um dia passear por aquelas bandas não encontraria ali uma bela história dos costumes dos povos que habitaram aquelas paragens nos tempos de antanho.

 A igreja não está muito bem cuidada e até há uma escavação junto à pia baptismal para descobrir uma cisterna que noutros tempos ali teria existido. Tentei saber porque é que as figuras de culto e os respectivos nichos estão com um ar de abandono mas a velhota que nos abriu a porta para a visita, possivelmente analfabeta, não tinha respostas para as nossas perguntas.

 Aproveitei também para partilhar no seu mural do facebook umas fotos da referida feira Medieval Moçárabe.

 Um abraço e desejos de bom trabalho depois daquelas férias a comer e a beber à fartazana!

 J. Godinho".

 

          Quantos cristãos já não nasceram graças esta pia baptismal?

 

           Neste dia da exaltação da Santa Cruz, 14 de Setembro, registo e agradeço ao meu distinto amigo a proveitosa informação que me deu e que com esta imagem de São Sebastião divulgo e reclamo a quem de direito  que à igreja de São Pedro de Lourosa sejam prestadas as honras e cuidados que merece um  Monumento Nacional 

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 19:13

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

19

23



subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO