Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Páscoa com o Papa Francisco

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 30.03.18

Papa-Francisco-1-300x206.jpg

“Caros irmãos e irmãs, bom dia !

Hoje gostaria de fazer uma pausa para meditar sobre o Tríduo Pascal, que começa amanhã, para aprofundar um pouco o que os dias mais importantes do ano litúrgico representam para nós crentes. Eu gostaria de fazer a vocês uma pergunta: qual festa é a mais importante de nossa fé: Natal ou Páscoa?  A Páscoa porque é a festa da nossa salvação, a festa do amor de Deus por nós, a festa, a celebração da sua morte e ressurreição. E por isso eu gostaria de refletir com vocês sobre esta festa, sobre estes dias que são dias pascais  até a Ressurreição do Senhor. Estes dias constituem a memória celebrativa de um grande mistério: a morte e ressurreição do Senhor Jesus. O Tríduo começa amanhã, com a Missa da Ceia do Senhor e terminará com as vésperas do Domingo da Ressurreição.

DSC02304.JPG

 – E agora sou que pergunto aos meus amigos leitores, em que dia terá sido que o Santo Padre fez este ano um tal apelo aos crentes? - Pensem e respondam só para vós. 

DSC02316.JPG

- E o Sumo Pontífice continuando, acrescenta: “Todos os cristãos são chamados a viver os três dias santos – quinta-feira, sexta-feira, sábado; e o domingo – entende-se -, mas o sábado é a ressurreição – os três dias santos como, por assim dizer, a “matriz” de sua vida pessoal, de sua vida comunitária, como nossos irmãos judeus viveram o êxodo de Egito”.

DSC00691.JPG

- São lições de mestre e de verdadeiro pai na fé cristã, que ao concluir recomenda a todas as mães: “na manhã de Páscoa, leve as crianças à torneira e peça-lhes que lavem os olhos. Será um sinal de como ver o Jesus Ressuscitado”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


Sinto a falta dum Café, na Bajouca Centro

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 30.03.18

DSC02231.JPG

Estou sem net, e desta vez também sem máquina fotográfica que também mais uma vez deu o “verde-gaio”. Não compro mais SONY. Face a estes contratempos lá se ficam as festas pascais sem a minha acostumada reportagem e os meus habituais leitores isentos de como decorreram as cerimónias da Semana Santa e Páscoa da Ressurreição de Jesus na capital do barro leiriense. Ainda me permitiu retratar o que no café-restaurante Kate-Te-Kero, do Lg. 13, onde no dia 26 foi almoçar, ao se disponibilizar a tirar umas imagens que recolhi, porém a partir dali deu o berro e lá se foi. Já em setembro, em Bona, me fez a mesma partida, por isso tenho razão para mudar de marca. Oxalá não aconteça como a história do moleiro que diz: “troquei de burro, mas não troquei de moleiro”.

DSC02243.JPG

Certo é que fiquei sem net, e não tenho hipótese de divulgar o que sinto e os meus olhos enxergam. Mas vou passar a letra redonda e depois tentar arranjar forma de não deixar que fique silenciado e no anonimato tudo quanto amontar nesta santa quadra para fazer noticia pascal. Prometo é levar a eito todas as cerimónias em participar e delas dar a saber, começando pela via-sacra que na 3ª-feira, dia 27, no fim da missa das 20h00 decorreu no interior da igreja paroquial. Muita gente e feita com muita devoção, como é timbre dos bajouquenses. E pela mão duma prima vi no meio dos demais circunstantes o meu netinho Alvarito, que se portou como gente grande num ato para ele novidade.

DSC01891 (1).JPG

Na 4ª-feira é outro dia e véspera do inicio do tríduo pascal que tem por ponto alto as cerimónias do lava-pés e da instituição da sagrada Eucaristia e do sacerdócio. Se foi por isso não, mas talvez sim, hoje de manha vim encontrar net, e aproveito já para fazer o relato do que desde Domingo de Ramos que como de costume passei em São Lourenço de Carnide (Lisboa) e desde 2ª-feira na Bajouca(Leiria) onde  tenho por tradição ser freguês. Está dado o primeiro passo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27


Abre os olhos zé vesgo

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 28.03.18

9834160_770x433_acf_cropped_770x433_acf_cropped[1]

O 25 de Abril deu para isto: com a liberdade o país e nação perdeu tudo quanto de prestigiante tinha. E ninguém venha dizer o contrário porque mente. Apontem lá quem tinha coragem de no fim de uma catástrofe como aquela que se abateu em Pedrogão Grande aproveitar o momento para saquear em seu proveito o muito ou pouco que na Câmara Municipal havia? E depois queixam-se que o António da Calçada ordenasse que gente desta fosse gozar férias em Peniche, no Terrafal e em outros lugares asados para esta gentinha apanhar sol. Aqui não incluo os puramente políticos, nem devo.

oliveira_do_hospital-lg[1].jpg

Já estou a ver quem me acuse de fascista, e não sei de que outros apelidos mais, mas eu tenho as costas largas e posso bem com a carga toda. Não estou aflito estou é com pena das lacunas que a Comissão Técnica Independente encontrou e recomendou corrigir muitas das quais foram responsáveis pela morte de tantas pessoas e bens patrimoniais. Como também lamento que no caso do fogo de Oliveira do Hospital passado quase meio ano ainda hajam aldeias sem telefone fixo, telemóvel e luz eléctrica. É pena que isto aconteça e os gatunos continuem a medrar e a terem quem todo satisfeito os defenda e lhes bata palmas, se não é parece. Que dizer ao ver um Sócrates feito palestrante na mais conceituada Universidade do país, senão pensar assim! Já me não admiro nada se daqui a dias sair doutorado de Coimbra.

2014-03-15-passos-coelho.jpg

Outra moda que nos trouxe o 25 de Abril foi essa de por tudo e por nada distribuir sorrisinhos e palmadinhas nas costas, muitas vezes mesmo sem se saber porquê e a que titulo. Mas adiante. Ao que consta foi agora detido um chefe de divisão da Câmara Municipal de Pedrogão Grande e aprendidos mais de 400 mil euros, lê-se em noticia de 21 de Março, e segundo a PJ para além deste estão também envolvidas uma tesoureira e um contabilista. É nisto que os portugueses devem ter respeito pelo governo do Dr. Passos Coelho porque além de honesto pôs a justiça em funcionamento e sem preconceitos meteu nas grades caça graúda, que não é fácil apanhar, e pelo tamanho e peso, de carregar com ela.  Abre os olhos zé vesgo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:07


Os artistas merecem particular realce.

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 25.03.18

maxresdefault[2].jpg

Nestes últimos tempos não me tenho encontrado com o conceituado pintor António Carmo aquele distinto alfacinha que com o pincel e paleta reproduz para a tela o que na sua alma de artista muito bem se guisa. Esta manhã, 12 de Março, um toque por e-mail deu origem a um dos acostumados encontros de tempos não distantes, mas que devido a um trambolhão que deu, e a uma dor que me atacou as costas tanto ele como eu temos andado a fazer fisioterapia e lá se foram os habituais encontros que na Estação do Metro (da Baixa- Chiando) quase todos os dias se davam.

exp_tavira[1].jpg

 Foi uma boa ideia e deu para trocar impressões e saber de como vai a sua actividade artística que por norma é sempre em crescente pois o seu dinamismo e engenho criativo nunca o deixa sossegado, senão a criar aquilo que só sabe fazer: Arte !

28577480_10155562720628163_7717047484689646292_n[1

Quando ao despedir-me quis saber se tinha em exposição alguns dos seus trabalhos respondeu que sim, que tinha desde o passado dia 10 de Março e até Junho uma exposição no Museu de Tavira, onde se vai manter até ao inicio do próximo Verão. Lá fui pesquisar ao Google e recolhi matéria para fazer esta merecida noticia. E do que não sabia fiquei a saber que foi a Beatriz Costa quem lhe comprou o primeiro quadro, e dos escritores a fazer-lhe referencia foi Baptista Bastos que o apelidou de “ mão feliz”. Curiosidades.

imagesTYYG241Q.jpg

Trata-se de uma exposição como já fiz referencia integrada no meio século de actividade do artista, aqui com o titulo “ 50 Anos de Pintura ... até Tavira”. Foi um dia 10 festivo e com muita gente, e animado pelo Grupo de Cantares da Confraria do Medronho (Monchique). Registo e saudo,a arte e os artistas merecem particular realce.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39


Mecenas que se dispõem ajudar.

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 22.03.18

images[1].jpgAo pegar na revista Notizie dalla Santa Croce que já vai no XXXII ano de existência, ocorreu-me falar acerca desta publicação e da instituição cultural de que é porta-voz. Da instituição com sede em Roma, direi que foi erigida pela Santa Sé, e está confiada à Prelatura do Opus Dei, que nela administra cursos de bacharelato, licenciaturas e doutoramento, em Teologia, Direito Canónico, Filosofia e Comunicação Social, com plena validade canónica. Criada em 9 de Janeiro de 1990, a Pontifícia Universidade da Santa Cruz como instituição universitária que é tem-se revelado fonte de sabedoria e inspiração, onde alunos vindos dos mais diversos pontos do globo encontram a resposta que a suas capacidades intelectuais procuram e os mestres das matérias em estudo lhes sabem transmitir. Pela revista soube que dos muitos alunos que vão ali buscar formação o devem em grande parte à generosidade dos  mecenas que se dispõem ajuda-los.

imagesYT36FNB4.jpgNão é preciso ser rico para se poder ajudar, recordo um grupo de jovens que se inspirou na ideia de fazê-lo lançando esta iniciativa: “ Todos teremos  em nossa casa objetos que não usamos: quadros, bandejas, prata, joias, elementos de decoração, sombreiros, roupa, coleções de sellos,  abanicos, relógios, livros e tantas outras coisas que já não se utilizam, mas que a CARF pode aproveitar “ . - E deste modo se está a dar a nossa ajuda na formação de bons sacerdotes ao serviço de Deus, da Igreja e das almas. O Centro Académico Romano Fundacion, Apartado Nº 575 F.D. 28080 Madrid-Espanha, é um dos locais abertos ao recebimento desses apoios vindos de almas generosas. Acrescento ainda mais que a “ Pontifícia Universidade da Santa Cruz responde ao desejo de São Josemaria Escrivvá, fundador do Opus Dei, promover em Roma um centro de estudos universitários que desenvolvesse, ao serviço de toda a Igreja, um amplo e profundo trabalho de pesquisa e de formação na ciência eclesiástica, cooperando, de acordo com a sua peculiar função, com a missão evangelizadora da Igreja no mundo inteiro”.  Deste forma temos uma “Pontifícia Universidade que foi erigida formalmente pela Congregação dos Seminários e dos Institutos de Estudos, pela autoridade conferida  do Romano Pontífece, com Decreto de 9 de Janeiro de 1990, e que está confiada à Prelazia da Santa Cruz e Opus Dei, e o seu Grão-Chanceler é o Prelado do Opus Dei, atualmente D. Fernando Ocáriz “.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:17


Dia do Pai e de São José

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 20.03.18

P_3_Sao_Jose[1].jpg

 “Não sei se este ano o dia do Pai vai ser celebrado em São José do Fojo, mas todo me leva a pensar que sim, pois não me parece que o pároco de São Pedro de Vilar de Ferreiros, Sr. Padre João Paulo, mesmo que sobrecarregado com tanto trabalho pastoral e distribuído por quatro paróquias (Bilhó, Ermelo, Pardelhas e Vilar de Ferreiros) deixa cair a tradição que costuma levar ali muita da “família josesiana” espalhada por toda a região de Basto e arredores”. – Afinal pensei errado, não houve festa no Fojo.

Dizia eu, e bem, que faz falta um pároco que substitua a vaga deixada pelo saudoso padre Correia Guedes, na paróquia de Vilar de Ferreiros. Não porque quem o substituiu desmereça menor consideração ou reparo no incumprimento das funções paroquiais que a freguesia e os fregueses precisam, mas apenas,  e só, pelo facto de Vilar de Ferreiros com um dos mais importantes patrimónios paroquiais da diocese de Vila Real, e uma das “Residências com Passal” mais antigas e bem concebidas estar desocupada e com todo o seu recheio documental sujeito às consequências que nestes casos podem acontecer.

DSCN2764.JPG

É certo que a falta de sacerdotes impede que os bispos diocesanos possam preencher as lacunas que nestas circunstancias surgem por toda a parte, mas pelo menos responder aos casos mais gritantes é urge fazê-lo, sobretudo quando se verifica que está em risco além do mais, também a quebra das boas praticas cristãs, como tradições que servem de alimentação da fé dos homens. Neste caso refiro-me à tradicional festa de São José, que na capelinha do Fojo, anualmente se festejava no dia, 19 de Março. Um mau exemplo que em nada dignifica a freguesia de São Pedro de Vilar de Ferreiros, e muito menos honra o Dia do Pai e de São José.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:16


A Festa do Folar na Praça da Figueira

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 18.03.18

DSC02192.JPG

A Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro é uma associação regional que surge em 1905 com a designação de ”Clube Transmontano”  tomando mais tarde o actual apelido que tem. Com várias condecorações atribuídas, a primeira foi a “ Comenda de Benemerência”, a  5 de Outubro de 1931. Também em 21 de Abril de 2005, o Presidente da Republica lhe concedeu o titulo de Membro Honorário da Ordem do Infante Dom Henrique, e em Julho desse mesmo ano a Câmara de Lisboa lhe atribuiu a Medalha de Honra da Cidade.

DSC02188.JPG

Com o lema “ A Bem da Gente d’Aquém e d’Além Marão” ,  esta associação constituída por naturais ou descendentes da região que formam a colónia transmontana e alto-duriense de Lisboa, prima por promover e defender  tudo quanto de interesse cultural, recreativo, histórico, artístico e económico diz respeito à nossa província, com iniciativas como palestras, lançamento de livros, convívios, feiras e um sem numero de outros eventos.

DSC02184.JPG

Vale destacar que em termos geográficos podem ser sócios da CTMAD os naturais de todos os concelhos de Vila Real e Bragança e os de Lamego, Tarouca, Armamar, Tabuaço e São João da pesqueira (distrito de Viseu) e Vila Nova de Foz Coa, Meda e Figueira de Castelo Rodrigo (distrito da Guarda). Já com tradição são a Festa do Folar e do Azeite, bem como o Magusto por altura do São Martinho.

DSC02177.JPG

Neste domingo, dia 18, foi a Festa do Folar e do Azeite que decorreu na Praça da Figueira, e reuniu muitos vendedores e compradores também. Começou às 09h00, e pelas 14h30 o presidente da direcção da  casa, Dr. Hirondino Isaías,  bem como o presidente da Junta de Santa Maria Maior, Dr. Miguel Coelho, deram as boas vindas a todos os presentes quer feirantes quer clientes ou meros visitantes.

DSC02172.JPG

Para animar a festa ficou encarregado o Grupo “ MARANUS”  e o Grupo de Concertinas Águias Vermelhas da Charneca / Sobreda da Caparica que puseram toda a gente a dar um pé de dança.

Foi um dia, ou melhor dito: meia tarde de domingo que gozei com amigos, como coronel Golias, Dr. Armando Palavras, o poeta e prosador João de Deus Rodrigues, o Ni, e tantos outros cujo nome não recordo. E falou-se de Trás-os-Montes e de pessoas transmontanas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Dia de São José e do Pai.

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 17.03.18

P_3_Sao_Jose[1].jpg

O trabalho que tive para encontrar uma imagem alusiva ao Dia do Pai onde aparecesse São José como patrono que é da família “josesiana”. Só consegui depois de pesquisar pelo nome de São José e então obter esta informação:  “O Dia do Pai em Portugal é comemorado no dia 19 de Março. Celebra-se no dia de São José, santo popular da igreja católica, marido de Santa Maria e pai terreno de Jesus Cristo”. – Valhamos isso, para assim poder falar de São José do Fojo, que na freguesia de Vilar de Ferreiros, paredes meias com as famosas Fisgas de Ermelo é tradição festejar-se todos os anos nesse dia. 

15819919_7IUWP.jpg

Não sei se este ano o dia do Pai vai ser celebrado em São José do Fojo, mas todo me leva a pensar que sim, pois não me parece que o pároco de São Pedro de Vilar de Ferreiros, Sr. João Paulo, mesmo que sobrecarregado com tanto trabalho pastoral e distribuído por quatro paróquias (Bilhó, Ermelo, Pardelhas e Vilar de Ferreiros) deixa cair a tradição que costuma levar ali muita da “família josesiana” espalhada por toda a região de Basto e arredores.

5758167_9lPFV[1].jpg

É minha opinião que sim, e alheio ao que por lá se passa ou vai passar deixo memória do que com o titulo “ meus homónimos” publiquei no meu blog Vilar de Ferreiros, em 15/03/09, acerca do tema em questão: “Como já vem sendo tradição, para festejar o "DIA do PAI ", os "Josés" de Vilar de Ferreiros e demais freguesias vizinhas reúnem-se anualmente no dia 19 de Março à volta de uma celebração Eucarística que tem lugar na capela do Fojo e cujo patrono é São José. Como a seu tempo foi divulgado ainda não há muito este templo foi profanado por ladrões sem qualquer tipo de escrúpulos que entre outros danos roubaram a imagem do Santo Patriarca a quem Deus confiou a protecção de seu Filho Unigénito.

Dado que até ao momento ainda não foram encontrados nem os larápios, nem o produto roubado, o remédio foi mandar fazer uma réplica da imagem que por volta das 14h00 do dia 19, 5ª-feira, em cortejo automóvel sairá de Vilar, por Vilarinho e Bilhó até ao Fojo, onde às 15h00, o Sr. Padre Correia Guedes  celebrará a santa Missa. Parabéns a todos os Josés, meus homónimos”. – Depois disto…, também o sino já voou, e como a imagem, ainda ninguém descobriu o paradeiro. Nesta foto ainda não tinha voado... País cristão e sempre disponível para perdoar aos carecidos dum bom par de pontapés no traseiro, e de porem o que roubaram no devido lugar é um mau exemplo para terras de Basto.  É nisto que a justiça em Mondim deixa, sempre deixou, muito a desejar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35


Um mês de eventos históricos

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 16.03.18

flor07032017[1].jpg

Assinalar de forma destacada datas que religiosamente, ou não, merecem realce é digno de louvor e apreço. O Dia da Mulher, celebra-se a 08 de Março, dia também consagrado a São João de Deus. Segundo a Wikipédia,“As origens do Dia Internacional da Mulher chegam a 1857. A 8 de março um grupo de trabalhadoras da indústria têxtil organizou uma marcha em Nova Iorque para exigir melhores condições de trabalho, a jornada diária reduzida para 10 horas e direitos iguais para homens e mulheres”. Certo é que só em em 1975 as Nações Unidas instituíram o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher. Uma viagem às origens da data que simboliza uma luta de mais de 100 anos por direitos e igualdade.

Mais soube que tudo surge nos finais do séc. XIX e inicio do séc. XX nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, e pelo direito de voto.  A 26 de Agosto de 1910, durante a Segunda Conferencia Internacional das Mulheres Socialistas em Copenhaga, a líder socialista alemã Clara Zetkin propôs a instituição de uma celebração anual das lutas pelos direitos das mulheres trabalhadoras.

160308-2[1].jpg

Também o Dia 8 de Março é consagrado a São João de Deus, um santo português da Igreja Católica Romana que nasceu em Montemor-o-Novo e faleceu em Granada (Espanha). É o padroeiro dos hospitais, dos doentes e dos enfermeiros. Foi pastor de gado, militar que depois abandonou e passando por diversas vicissitudes, voltou a casa, mas encontrando os pais já falecidos volta a partir. Em Granada se distinguiu a dar assistência aos pobres e doentes através de um hospital por ele fundado, em 1539. Foi beatificado pelo Papa Urbano VIII, em 28 de Outubro de 1630 e canonizado em 16 de Outubro de 1690, pelo Papa Alexandre VIII, sendo no entanto a sua bula expedita apôs a sua morte, pelo seu sucessor Papa Inocêncio XII.

10570493_Wra7h[1].jpg

E no dia 19 temos outro grande dia festivo, o Dia do Pai que tem São José por patrono. É dia grande para os pais quem têm seus filhos a lembrarem-se deles, e para os filhos que ainda têm seus pais vivos. São eventos que nos tempos que correm se devem festejar e assim alimentar a chama da fraternidade e respeito que nos merecem aqueles que anteriormente lavraram a seara para nós colhermos…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:42


REPETINDO O E-MAIL IMAGINANDO RECEBIDO QUE NÃO TENHA

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 14.03.18

 

DSC02125.JPG

Por: Costa Pereira

Do meu dileto amigo Christovão de Avila que foi a personalidade a influenciar-me para publicar o trabalho que escrevi com o titulo Nossa Senhora da Graça- Na Fé dos Mariantes, recebi no fim do mês passado um rosário noticioso onde faz mensão à volta disso mesmo e por isso achei oportuno realçar. Aqui fica:

DSC02136.JPG

 

De:ChristovãodeAvila
Enviada em: segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018 00:43
Para:'j.a.costapereira@sapo.pt'

Assunto: ENC: informação

 

Caríssimo Exmo. Primo Inter Pares PEREIRA,

Cinco anos se passaram dos nossos e-mails abaixo.

Graças a Deus, 100% curado do grave problema de saúde que tive em 2004, prossigo nas atividades relacionadas com a Nossa Senhora da Graça, na Bahia.

Ainda em Novembro e Dezembro de 2017  lá estive, promovendo a Festa Magna, que a Princesa Índia Catarina Paraguaçu instituiu no dia 17.Dez, objeto de dois padres enviados ao Vaticano, um em 1576, levando o pedido ao Papa e oito anos depois, outro reiterando o pedido de Indulgência, para os fiéis que comparecessem à celebração.

Neste ano de 2017, foi a festa celebrada no claustro, por estar a igreja, desde 2015 em obras de completa restauração.

DSC02138.JPG

O 17 de Dezembro de 2018 será um grande marco, com o Primeiro Santuário Mariano do Brasil, completamente restaurado, já em programação a oficialização do “Panteão da Casa da Torre Túmulo Catarina Caraguaçu, instituído, em Ourém, Fátima, sob o Alto Patrocínio da Casa Real Portuguesa, pela Real Guarda de Honra de Castelos, Panteões e Monumentos Nacionais de Portugal, nomeado comandante o Eng. Christovão de Avila, sediado no MOSTEIRO DA GRAÇA, dependente do MOSTEIRO DE SÃO BENTO DA BAHIA, primeiro mosteiro beneditino fora da Europa, primeiro nas Américas”.

Considerando sermos, nós dois, os maiores responsáveis pelos assuntos históricos, relacionados com a NOSSA SENHORA DA GRAÇA, em Portugal e no Brasil, estou encarecendo ao caríssimo amigo, maior autoridade no assunto, em Portugal, que encontremos uma resposta para um detalhe, quanto à Primeira imagem, assim referida:

“... dando como certo remontar ao Séc. XVI, segundo Frei Agostinho de Santa Maria, que diz: “... teve origem numa imagem recolhida das redes ... da vila de Cascais ...., no ano de 1362. ... confiada à guarda dos augustinianos ... do Convento de Santo Agostinho, que a partir daí até os nossos dias foi tomado o nome de Convento de Nossa Senhora da Graça de Lisboa.“

Neste momento estamos preparando o II Seminário de Arte Sacra – 2018 (9 a 11 de Maio), cabendo a mim a conferência sobre a Arte Sacra da Igreja e Mosteiro de Nossa Senhora da Graça da Bahia.

Revendo a documentação sobre o assunto, deparei-me com um documento oficial (Arquivo da Torre do Tombo), cópia em anexo, sobre o CONVENTO DE NOSSA SENHORA DA GRAÇA DE LISBOA, onde está por mim grifado o seguinte: “Em 1291, os Ermitas de Santo Agostinho deslocaram-se para o então chamado Convento de Santo Agostinho. Inicialmente, o Convento tinha a invocação de Santo Agostinho mas, em 1305, mudou a invocação para Nossa Senhora da Graça, por disposição do oitavo Geral da Ordem dos Agostinianos, Frei Francisco do Monte Rubiano, e em cumprimento de voto por ele feito em Roma. Neste Convento se fixou a cabeça da Ordem dos Eremitas em Portugal.”

Como conclusão, a invocação do Convento é anterior à imagem de Cascais - 1362.

Qual terá sido então a primeira imagem de 1305, antes da de Cascai chegar?

 

Quanto à imagem da Nossa Senhora de Cascais, de 1362, tentando encontrar algum registro, tive contatos em Lisboa, em 2012, aqui resumidos:

Por especial atenção do arqueólogo Guilherme Cardoso, da Assembleia Distrital de Lisboa, fomos informados de que a imagem original, de Cascais, embora restaurada, fora perdida no terremoto de 1755. Uma pequena imagem, semelhante e da mesma época, está guardada no Santuário do Cabo Espichel, em Sesimbra, distrito de Setúbal.

Em visita oficial à Igreja da Graça, em Lisboa, em 2012, fizemos entrega ao Senhor Pároco, Reverendo Padre Nuno Alexandre Machado Tavares, desta preciosa informação, com uma foto da Imagem da Nossa Senhora do Cabo (Espichel − Sesimbra), devidamente autorizado pelo arqueólogo Guilherme Cardoso.

Uma imagem semelhante mandamos confeccionar, aqui no Rio de Janeiro, tendo sido ofertada à Igreja da Graça da Bahia, pelos descendentes da Casa da Torre, na Missa solene da data magna de 18 de Dezembro de 2012, recebendo a bênção, ao final da cerimônia religiosa, presidida por Dom Emanuel d'Able do Amaral, OSB, Arquiabade do Mosteiro de São Bento da Bahia.

Aguardando um contato, até breve, sempre apreciando as belas imagens e também interessantes mensagens, que o amigo envia.

Com muito especial apreço,

Christovão de Avila

 

E-MAIL’s ANTIGOS:

De:CHRISTOVAODEAVILA
Enviada em: segunda-feira, 8 de julho de 2013 01:54
Para:j.a.costapereira@sapo.pt
Assunto: Re: informação

 

Caríssimo Exmo. Primo Inter Pares PEREIRA,

 

Um ditado reza "Se tudo é obra de Deus, o acaso também é!"

Estou também estou a preparar uma publicação ... dos Brasões de Armas, em primeira edição impressa, depois da edição digital do ano passado, que, embora tenha ficado muito interessante, somente quem possui o iPad da Apple tem

condições de ler.

Parabéns pela materialização das Nossas Senhoras da Graça, e, penhoradamente

reiteramos nossos agradecimentos pelas preciosas informações que passou, permitindo desvendar segredos referentes à Nossa Senhora da Graça da

Bahia, que comemoramos em 2012 os 500 Anos do nascimento da Princesa Índia Catarina Paraguaçu, batizada Katherine du Brésil, em Saint Malo, onde se casou com o português Diogo Álvares, o Caramuru, formadores da primeira família Brasileira, documentada. Uma belíssima história da "Visão de Paraguaçu", em sonho, que resultou na descoberta da imagem e na construção do "primeiro Santuário Mariano do Brasil", por volta de 1530.

Nos eventos do ano passado, na Bahia, comemoramos juntamente, os 650 anos da Nossa Senhora da Graça encontrada em Cascais, motivo da nossa visita à Igreja e Convento da Graça de Lisboa. Um longa e fantástica história, que estou registrando na publicação, onde vosso nome constará, assim como tem constado das minhas palestras, em Portugal - Fátima 2012 e na Bahia,

prosseguindo em outubro próximo, quando de um Simpósio Internacional, comemorativo de 250 anos da transferência da Capital, de Salvador para o Rio de Janeiro, em que o Museu Histórico Nacional estará apresentando uma exposição dos nossos Brasões de Armas do Armorial, que estaremos doando a coleção dos 180 Brasões, em pergaminho, ficando preservados para a posteridade. E temos planos para um futuro próximo, que combinaremos detalhes!!!

Envio-lhe, com imenso prazer, uma primeira imagem, que é a mais bonita que tenho, que está na grande obra publicada pelo Mosteiro de São Bento da Bahia, pois, em 1562 recebeu com a "hermida da Graça", da viúva Catarina Paraguaçu, em doação com as terras adjacentes e as pratas da casa e da igreja, conforme registro nos Livros Tombo do Mosteiro. E mais conversa teremos, à disposição para envio das informações

que mais desejar.

E até breve, sempre apreciando as belas e também interessantes imagens que o amigo envia.

Com muito especial apreço,

Christovão de Avila

Mensagem Original-----

From: j.a.costapereira@sapo.pt

Sent: Sunday, July 07, 2013 12:32 PM

To: Cristovãode Avila

Subject: informação

Carissimo e Exmo Amigo

Aquele abraço, de irmão lusitano. Depois da vossa sugestão fiquei a meditar nessa hipótese de materializar a ideia e dar corpo à edição de um opusculo com o registo das paroquias portuguesas consagradas a Nossa Senhora da Graça. Ora caso o venha a fazer o nome do meu Exmo amigo constará no corpo da publicação e também uma imagem de Nossa Senhora da Graça, de São Salvador da Bahia que agradecia me arranjasse. Será que vou ter esse apoio? Para já um antecipado agradecimento e mais conversa teremos

Com amizade

Costa Pereira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:48

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D