Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

13
Fev 18

9069847[1].jpg

Já há coligação na Alemanha e em face disso Merkel volta a formar governo e a ser a senhora da Europa. São destas mulheres que o mundo precisa e não das nossas bloquistas que só sabem pedir o que se não tem e se se lhe dá o que pedem dizem que não precisam. Fazem lembrar o que se constava ter acontecido em Coimbra, no tempo da outra senhora, em que numa reunião de contestatários, vigiados pela PIDE, algum no meio da acalorada intervenção se lembrou de pedir determinada benesse que não tinha e logo um ou uma camarada gritou: isso não, porque isso eles dão!

Conservadores de Merkel e os sociais-democratas de Schulz, chegaram acordo e é isso o que importa para que a Alemanha se mantenha forte e dê trabalho aos alemães e a quem lá trabalha. Além disso continue a ser exemplo de progresso e desenvolvimento para quem numa Europa unida se habituou a viver à custa dos mais ricos, como é o caso de país que todos nós bem conhecemos. Malandros que à custa dos fundos europeus bem se têm arranjado e feito fortuna sem trabalhar. E o zé que pague a crise. Começa a ser tempo de por a casa em ordem e como alguém dizia hoje, 7 de Fevereiro. é altura de pensar muito a sério no que pode acontecer se não se põe travão neste nosso deixa andar: o país afunda.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 15:21
tags:

12
Fev 18

DSC02020.JPG

Sem aulas o Alvarito veio passar a tarde com os avós maternos e todo dinâmico brincou aos teatros. De um lado para o outros fez e representou a sua peça. É de pequenino que se chega a grande, quando a qualidade aponta nesse sentido. Gostei da peça e da avó a dar-lhe apoio

 Ora digam que não tem jeito! 

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 18:09

10
Fev 18

DSC02000.JPG

Hoje o meu neto todo contente veio almoçar com o pai a minha casa mascarado de jardineiro, diz ele. Coisas que lhe ensinam no colégio e que todo convencido fixa.

DSC01996.JPG

Gostei de ver e para que chegue a Cuba, antes da mãe regressar e calhando mostrar aos amiguinhos que o Alvarito lá deixou aqui ficam duas fotos agora tiradas.

DSC01993.JPG

Todo entretido a ver bonecos e a comer pão com queijo não passa cartão a ninguém. Mas por ele e por mim os votos de bom Carnaval para todos os meus amigos/as.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 17:44
tags:

09
Fev 18

DSCN0003.JPG

Vamos então a saber: no sábado dia 03 por volta das 08h30 tinha à porta o tem-coronel Afonso e e Drª Gabriel que de Mafra vieram buscar os tios que tinham um compromisso no domingo dia 04 na capital do barro leiriense. Era um almoço em casa de parentes amigos.

DSC01854.JPG

Pela A8 aí vamos nós em direção a terras do Lis, onde na Tornada notei o veículo se desviar para o lado direito e fugir das portagens. Como quem o guiava conhece tão bem como eu, ou melhor o trajeto a fazer, não tossi nem mungi, aguardei pelo desfeche desta decisão.  Tinha que ser, a ideia foi a de tomar um cafezinho na terra do afamado pão de ló de Alfeizerão. Já há muito que não paro no centro desta simpática povoação, onde conservo um amigo intimo ali residente, o agente de seguros Sr. Rodrigues que com muita pena não pude visitar. Não ia por minha conta e havia horários a respeitar.

DSC01855.JPG

Depois das voltas que o nosso condutor deu e estavam na agenda dele, chegou a hora de almoço já por volta das 14h00. Com mesa marcada na Isabel dos 13, ali fomos ter também agora conduzidos pela Helena. Se não são uns são outros, em casa é que não se fica!

DSC01869.JPG

A tarde foi de abate galináceo e estreia de forno em casa do Virgílio Alberto, aqui com a cunhada Gabriela na orientação dos trabalhos enquanto a Ângela se treina na varredura e David na contagem dos abates. Quero com isto dizer que em minha casa não se fez jantar.

DSC01874.JPG

Um sábado, 3 de Fevereiro em cheio. Daqueles dias que dá prazer levantar da cama e no fim da jornada dar graças a Deus por tão bem o ter passado. Quem nos levou se encarregou de nos trazer de volta à Bajouca Centro, onde só no domingo, dia 4 acordamos para ir à Missa do Pai Nosso que nesse domingo se celebrou, às 09h00.

DSC01890.JPG

Com o pároco Sr. Padre Davide por celebrante e animada pelo coro Som e Luz, que o grupo do 3º Ano da Catequese composto por bajouquenses ainda muito jovens se fez destacar nas leituras e serviços de igreja que muito prestigiam os seus catequistas e orientadores nesta celebração.

DSC01962.JPG

No fim da missa fiquei sem esposa, a minha mulher juntou-se às sobrinhas e à prima Lígia Afonso  e aí vão elas até Fátima prontas para trazer o Sr. Padre Abel de visita à terra que paroquiou certa de 18 anos. Uma forte constipação impediu que o deixassem sair da Casa do Clero Leiria/Fátima onde está a residir, mas em sua representação veio a D. Rosa que aqui se vê em bate-papo com a minha cara-metade.

DSC01923.JPG

O local de encontro era a Espinheira (Bajouca Centro ) agora com mais um fogo que tem por habitantes 4 moradores. Até ver… Ali se juntou em almoço um grupo de amigos do casal que foram recebidos com as devidas honras pelos anfitriões e seus jovens  herdeiros Benedita e Rodrigo. Da minha parte mereceu no mesmo dia um post que publiquei em Falar disto e daquilo

DSC01118 (1).JPG

Amigo não empata amigo, diz o ditado. De tal modo que o n/Ten-Coronel  tendo que vir a Lisboa, nos deixou, encarregandos ao cuidado da irmã Sãozita e do cunhado Virgílio de nos transportar. Tudo resolvido sem fazerem ondas que se notassem. Chegada a hora de arrancar aproximaram-se dizendo, ti Costa vamos de regresso que amanhã é dia de pica boi. Pegaram em nós e na D. Rosa em direção a Fátima, para a deixarar  ali, e podermos cumprimentar o Sr. Padre Abel. Depois pela A1 vieram-nos deixar em Lisboa. Em Mafra festejava-se um aniversário de sobrinha, para lá se dirigiram. Para os tios já estavam bem haviados, com fim e o inicio duma semana farta do bom e do melhor. Bastou por agora.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 21:13
tags:

07
Fev 18

7879463_ln0oJ (3).jpg

Foi há 7 anos, faz no próximo dia 8, que faleceu o Dr. Primo Casal Pelayo, aqui o recordo com muita saudade e gratidão pelo muito que fez em prol da história do concelho de Mondim de Basto, mormente no referente ao santuário de Nossa Senhora da Graça. Um ano após o infausto acontecimento, iniciei um post deste modo: “Faz amanhã um ano, 8 de Fevereiro, que faleceu em Lisboa, onde residia, o Dr. Primo Casal Pelayo, que foi professor, director e proprietário do Externato Latino Coelho, na freguesia de Santa Maria de Belém..  Natural de Fajozes, Vila do Conde, foi no colégio de São José, da família Pelayo, que iniciou a sua notável carreira de formador e educador de várias gerações que ainda hoje recordam com saudade o Colégio dos Pelayos, na rainha do Ave”. Nascido a 05/06/1921, foi sepultado no cemitério de Benfica, onde a sua ossada ainda  aguarda o momento para poder ser levantada.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 14:41

04
Fev 18

DSC01904.JPG

Desta vez foi o Paulo Ferreira e a Bela Sousa que me atraíram à Bajouca em ligeiro fim de semana. E cuja deslocação vi favorecida com transporte de ida e volta, por um amável casal de sobrinhos que de Mafra se disponibilizaram vir a Lisboa buscar e trazer os tios. Informo que não o fazem com o sentido na fortuna, que não a tenho e se tivesse também já tenho herdeiros. É o que se chama amizade e que hoje em dia tão raro se vê, e muitas vezes até no seio das respectivas famílias.

DSC01937.JPG

O simpático casal que agora na Espinheira se alojou, tinha prometido convidar as pessoas mais íntimas com quem no ex - Café Sousa travou relações de amizade, para um almoço e visita à sua casa acabada de construir e habitar. E como o prometido é devido assim aconteceu connosco, neste domingo dia 4 de Fevereiro de 2018. 

DSC01921.JPG

Entre os convidados constava o Sr. Padre Abel, que por motivo de doença não pode vir. Mas veio a D. Rosa. A  encarregada  de os transportar foi a condutora de serviço, a Saozita, e como acompanhantes  a Saudade Rata, a Helena e a Lígia Afonso. 

DSC01962.JPG

É sempre agradável conviver com amigos, mas os deste género suplantam todas as expectativas, o padre Abel marcou e deixou marcado o seu nome no coração dos bajouquenses. Desta vez não pode, mas na próxima vai poder e lá estaremos.

DSC01934.JPG

Mas como a D. Rosa mais convidados  apareceram na Espinheira (Bajouca Centro), entre eles  destaco  os pais da Bela aqui todos pimpões.

DSC01928.JPG

O Fernando Ladeira e a esposa D. Rosa que da sua lavra graciosamente forneceu a "pinga" saborosa que deu o empurrão à saborosa vitela confeccionada à moda da Bajouca.

DSC01943.JPG

 Também a Lígia, o Xico e seus herdeiros não faltaram, nem podiam faze-lo como parentes próximos que são.

DSC01931.JPG

 O mesmo dizer da Helena Afonso

DSC01906.JPG

Ou da mana Sãozita, aqui no meio da baralha, que foi quem no fim de almoço me veio trazer da Espinheira a Lisboa, isto é que são sobrinhas.

DSC01958.JPG

Mas também este simpático casal meio português, meio francês merece realce pelo parentesco à Bela e muito mais ao Paulo Ferreira. Tem casa na Bajouca, mas o francês é francês e quem quiser entende-lo que estude. Faz muito bem.

DSC01952.JPG

 A Madalena e o Arménio não são da família, mas são mais que familiares, são daqueles amigos que se amam de verdade pois estão sempre disponíveis para todas as ocasiões. São daquelas raridades hoje em dia. Em conclusão, foi um fim de semana gozado à felizardo e com felizardos meus amigos. Não é o caso, mas faz-me lembrar uma piada que Ramalho Ortigão numa das suas farras em casa de amigos seus disse brincando : “Estes almoços devem-se repetir !”.  

 Ora vejam que dá gosto ver.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 20:37

03
Fev 18

5863467_3FEvC[1].jpg

Em post que publiquei no blog Portugal, minha terra, a 27 de Fevereiro de 2010 citei figuras que então estiveram presentes na Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa para tomarem parte no lançamento de três livros que cada um dos autores, barrosões de gema, ali levaram a efeito. Eram então o médico Bento da Cruz, Padre Fontes e Dr. Barroso da Fonte. Destes foi o Dr. Bento da Cruz que no passado ano já partiu do convívio com os vivos.

500x500[2].jpg

"Edmundo Pedro, de costas para a plateia, o presidente da Direcção da Casa, Sr. Professor Jorge Valadares, assiste de pé e braços estendidos à entrega das lembranças".

E dos que assistiram ao evento, além do saudoso Dr. Artur Couto, também agora desapareceu um Edmundo Pedro, que não sendo transmontano tinha por eles muita admiração e amigos seus. Sinto-me honrado com um comentário que a esse post fez um leitor meu e que comentou: “Ainda bem que nos trouxe este eloquente relato e estas fotos, estando assim tudo comentado devidamente pelo senhor, com todos os atributos e acessórios. Isto sim, é noticia. Parabéns também, ao ilustre transmontano que é o senhor”.

DSC01845.JPG

Vem tudo isto à baila na sequência da morte deste nascido em 8 de Novembro de 1918, no Samouco (Alcochete-Setúbal) e qual há oito anos conheci, ainda cheio de energia, em convívio com gente de Além Marão. Faleceu no dia 27/1, em Lisboa. Depois de militância no PCP, Edmundo Pedro, como é lema de quem sabe viver a seu bel-prazer passou para o PS, partido do qual também foi fundador. Como paga foi deputado e presidente da RTP. O certo é que dos que vão indo à nossa frente a lista vai aumentando.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 15:04
tags:

Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
15
17

18
21
22
24

25
28


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO