Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

06
Abr 17

DSCN1231 (3).JPG

Oiço muita gente boa condenar a aceitação de imigrantes e refugiados feita por países europeus, inclusive Portugal. Discordo dessa atitude, pois nós próprios somos na maioria imigrantes dentro do nosso território geográfico e administrativo. Como, além disso, uma considerável franja de imigrantes espalhados por todo o mundo é portuguesa. O mesmo que neste altura está acontecer, com o afluxo de migrantes que  “através do gasoduto da África Central e do Corno de África” se prepara para invadir a Europa. Mete dó, e segundo Joel Millman, porta-voz da Organização Internacional das Migrações só nos primeiros meses do ano já morreram mais de 590 migrantes nas águas do Mediterrâneo. É o bastante para nos fazer reflectir e demover da má apreciação que por vezes se possa ter daqueles que em busca de paz, alimentação e trabalho, a exemplo dos emigrantes portugueses que em meados do século passado, clandestinamente atravessavam as fronteiras, sujeitos a ser presos ou abatidos por desrespeitar a lei vigente. Temos que estar receptivos e preparados para o que temos e está para vir, que segundo li no Sol, de domingo, dia 2, um milhão de migrantes já vem a caminho. Quem sugeito a morrer com mulher e filhos na travessia do mar Mediterrâneo, por certo que não é terrorista. 

 

 

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 21:15

Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14

18

25
27
28



subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO