Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

01
Jan 16

O Dia Mundial da Paz e a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, celebraram-se mais uma vez, hoje, 1º de Janeiro de 2016. Até domingo, como nas demais terras onde as festas de Natal se comemoram, a Bajouca vive um tempo de alegria e animação que começa com a celebração do Nascimento e acaba com a festa do Menino Jesus, a rondar a Epifania. Este ano a calhar no próximo domingo, dia 03.

carlitos1 003.JPG

carlitos1 002.JPG

carlitos1 006.JPG

O dia festivo, que se iniciou com as celebrações da passagem do ano, a parte religiosa na Bajouca ficou também assinalada com a Eucaristia que às 11h30 o Sr. Padre Melquiades celebrou, e na qual entre os fieis que nela partilharam assistiu o Sr. Padre Abel. A figura nobre deste fim de ano na Bajouca Centro, como em post anterior se fez referência.

fim de 001.JPG

fim de 003.JPG

fim de 005.JPG

Se mais durava o dia, maior era a romaria. Foi o dobrar do ano, o almoço, e acabou com um jantar caseiro, onde os produtos do quintal deram sabor. E mais não se prolongou a hospitalidade, porque outras tarefas aguardavam pelos anfitriões na região saloia, e a noite já caminhava para o dia seguinte. Foi um 1º de Janeiro à maneira. Que para concluir fica um vídeo da nossa passagem de ano:

 

 

 

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 21:58

eira 023.JPG

eira 025.JPG

Nunca pensei gozar como gozei, esta passagem do 15 para o 16, visto a ti Beatriz, faz amanhã doze meses, ter deixado de presidir e ser motivo destes convívios familiares que são tradição no Casal dos Afonsos. Partiu a trave, mas ficaram os caibros da boa madeira que sustentou o edifício social duma família generosa e unida. Na ultima noite de 2015 e dia primeiro de 2016 lá se confirmou tudo quanto fica dito e as fotos ajudam a demonstrar.

eira 004.JPG

eira 016.JPG

eira 011.JPG

eira 019.JPG

eira 024.JPG

Conhecido dos amigos verdadeiros que o Sr. Padre Abel fazia gosto passar este fim de ano na freguesia que paroquiou durante 18 anos, havia só que arranjar quem o fosse buscar e depois reconduzir a Fátima, onde na Casa do Clero Diocesano tem estado a viver. Alcançado esse compromisso, o resto estava consolidado com amizade e honraria por parte dos herdeiros do Casal dos Afonsos. Honras lhes sejam prestadas, sobretudo porque o fazem por carinho e gratidão para com um sacerdote que se devotou e sacrificou servindo com muito amor a comunidade bajouquense perto de duas décadas.

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 12:44
tags:

Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
16

17
18
19
21
22

25
26
27
29
30

31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO