Neste blog, vou passar fazer todo aquele trabalho que habitualmente tenho vindo a distribuir por vários blogs. Dar descanso aos velhos....

18
Nov 15

img_757x426$2015_11_18_06_46_22_496541.jpg

Defende, e bem; Vasco​ Themudo:  "Quando não se defende a vida humana em todas as circunstâncias, não há segurança para ninguém… O que aconteceu na França, e se tem verificado também em países da África e do Oriente, ajuda-nos a pensar que o problema é muito mais grave. A morte de seres humanos inocentes tem sido desvalorizada. Em todos os países está praticamente legalizado o aborto e vai-se promovendo a eutanásia e o infanticídio, como um direito, sendo até apresentado como sinal de progresso e conquista da liberdade. Em Portugal, desde 2008 há cerca de 18.600 abortos por ano: 51 por dia. Na França há cerca de 200 mil abortos por ano: 547 por dia. E são seres humanos indefesos e inocentes. É um crime abominável; é um verdadeiro estado de barbárie, anticivilizacional!". E à cerca desta matéria, o activista anti-pornografia, Jonathon van Maren, resume : “A Pornografia reduziu as mulheres ao nível de objectos. E se a nossa cultura pornográfica cada vez mais vê as mulheres como objectos, o quão fácil não seria considerar seus filhos não nascidos como um ‘amontoado de células?”.

20151116000450930231i_310x200.jpg 

 Mas ficamos por aqui, com esta foto que o fotógrafo francês Manu Wino divulgou da casa de shows Bataclam minutos antes do ataque terrorista que fez 129 mortos. A foto mostra um público sorridente, que acompanhava a apresentação da banda Eagles of Death Metal na noite da última sexta-feira, 13 de Novembro de 2015. Há que reflectir

 

 

 

 

publicado por aquimetem, Falar disto e daquilo às 16:18

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

15
16
19
21

23
24
25
26

29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO