Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Agora só em Agosto de 2018

por aquimetem, em 16.08.17

DSC00230.JPG

Após 5 dias de ramboia que teve inicio na sexta-feira, 11, terminaram ontem, dia 15 de Agosto - Assunção de Nossa Senhora ao Céu -  as festas de Santo Aleixo que nesta data anualmente se festeja na freguesia da Bajouca (Leiria). Sou habitual participante nesta festividade  há cerca de meio século, e desde o seu começo por volta de 1972. Se alguma vez faltei, e faltei certamente foi porque algo imprevisto se intrometeu e travou o desejo de assistir. Como no principio também este ano gozei do recheio que constava no programa e deu azo a mais uns dias bem passados na capital do barro leiriense.

DSC00233.JPG

Desperta e dá gosto assistir, como contribuir de um modo ou outro para o sucesso deste evento que por meados de Agosto a comunidade bajouquense com muito empenho e brilho leva a efeito.

DSC00287.JPG

Só quem viu as primeirí­ssimas festividades dos finais da dêcada de 60 é que pode agora avaliar a transformação, para melhor, que a terra sofreu e que esta festividade tem ajudado a promover mediante o empenho de toda uma comunidade unida e generosa que em tudo, mas com mais ardor se manifesta por esta ocasião. Se na olaria ganhou nome, foi nas festas de Santo Aleixo que a fama da sua culinária se projetou e expandiu país fora, sobretudo o "Carneiro à  Bajouca" onde nestas festas vêm apreciadores de muito longe.

DSC00187.JPG

Casualmente travei conversa com um grupo de amigos que vieram de Vila Nova de Gaia de propósito para no restaurante da festa jantar carneiro e assistir ao espetáculo musical desse dia. Como também jantei com um francês de ferias, com o pai, na região e que me disse vir ali, durante as festas, todos os dias comer. E pelos vistos é cozinheiro no seu país.

DSC00215.JPG

Em dia de Nossa Senhora da Assunção, nem por isso Santo Aleixo deixou de também ter as suas honras. De Almodôvar veio o Sr. Padre Soares, um estimado bajouquense pároco naquela alentejana terra; e de Tortozendo, onde esteve muitos anos, vieram  muitos Amigos do Verbo Divino,  para se encontrar com ele e assistir Missa Solene a que presidiu, e foi concelebrada pelo pároco, Sr. Padre Davide, Sr. Padre Batista e participada pelo Diácono permanente, Sr. João Paiva; e dois Diáconos bajouquenses candidatos ao sacerdócio.

DSC00224.JPG

 Parabéns aos bajouquenses e á organição. Agora só em Agosto de 2018

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:25


O segundo dia...

por aquimetem, em 13.08.17

 

DSC00091.JPG

O segundo dia de festa foi em grande, também na parte religiosa onde na Missa solene e vespertina desse sábado, dia 12, os bajouquenses consagrados ali em boa parte reunidos ajudaram a dar mais brilho à Eucaristia. 

DSC00103.JPG

Missa presidida por frei Fernando Cabecinhas, que o pároco Sr. Padre Davide Gonçalves coadjuvou, tinha por intenção principal : OS JOVENS E AS VOCAÇÕES. É nesse prisma que vamos ver o Sr. Padre Fernando convidar as religiosas suas conterrâneas ali presentes a se identificarem e dizer onde estão em missão. Foi lindo de ver

DSC00104.JPG

Com aquela alegria que lhe é peculiar a Irmã Celia Cabecinhas, sempre com um grupo de candidatas à sua vocação, deu para a comunidade o seu testemunho que a levou a abraçar a vida religiosa. E teve uma surpresa, no final da Eucaristica cantaram-lhe os parabéns pelos 25 anos de freira. Na vespera quem celebrou foi o seu irmão Padre Carlos Cabecinhas, reitor do santuário de Nossa Senhora de Fátima. Uma familia verdadeiramente cristã como tantas nesta exemplar freguesia do concelho de Leiria. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


E festa já começou!

por aquimetem, em 11.08.17

DSC00070 (2).JPG

E a festa já começou! Com a ornamentação do arraial durante a tarde, e a abertura do restaurante às 19h30 que umas morteiradas anunciou. Seguiu-se  a Missa solene às 20h00, presidida pelo reitor de Fátima, Sr. Padre Carlos Cabecinhas; o pároco, Sr. Padre Davide, mais  o seu colaborador, Sr. Padre Melquiades, concelebraram. Ás 23h30, o Duo Musical Raquel e Vera iniciou a sua actuação. E a esta hora já toda a nossa gente dança ou aprecia o festivo ambiente. Eu vejo da janela. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:01


Aqui à minha porta

por aquimetem, em 10.08.17

IMG_7735.JPG 

No dia 1 foi para muitos inicio de férias. Só o diabo é não as tem, disse São Josemaria Escriva. Férias como devem ser é mudar de ocupação que pode ser  ajudando quem carece do que cada um tem de seu para dar, por vezes apenas um sorriso basta . Também eu no dia 3 deixei Lisboa em direcção à capital do barro leiriense.

IMG_7740.JPG

IMG_7748.JPG

 Como era o primeiro dia de férias vai de almoçar fora de casa e experimentar um restaurante bajouquense, a "Caçoila dos 13". Não desgostei.  Ao lado da Caçoila, fica a Peixaria Mariazita, e como nem só de carne se vive, vai de aviar um peixito para o jantar

DSC00011 (3).JPG

Ou quem sabe se para reforçar o almoço que no dia 5 ao ar livre se comeu num jardim publico do alentejano Redondo, onde fomos ver a festa da flores de 2017. Mas creio que foi só para gastar na Bajouca Centro.

DSCN0976.JPG

 DSC00062.JPG

 Já no dia 6 foi a visita à Praia do Pedrogão e no regresso com passagem pela Vieira, onde fomos cumprimentar gente amiga. Um nunca mais acabar de passeios culturais e de recreio onde o cunho da fraternidade e da generosidade se fazem realçar.

DSC00066 (2).JPG

E já no dia 11, amanhã, temos a freguesia e paroquia de Santo Aleixo da Bajouca em festa. Dura até ao dia 15, aqui à minha porta. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:32


Começa no dia 11 de Agosto!

por aquimetem, em 08.08.17

DSC00067 (2).JPG

Temos festa grande na Bajouca (Leiria), onde Santo Aleixo é padroeiro e os bajouquenses fieis devotos. Já com tradição anterior a 1972, ano em que foi criada a freguesia, este povo dá cartas em generosidade, bairrismo e unidade que nestas festas se pode ver espelhado nos preparativos da festa e depois no serviço de restaurante e demais ocupações que uma festa destas requer.

DSC00069 (2).JPG

São 5 dias de labuta generosamente ofertados para servir a comunidade e dar mais prestigio à capital barro leiriense. A fama destas festas trás à  Bajouca além dos bajouquenses da diáspora, também muitos forasteiros que conhecem ou foram informados da saborosa culinária desta terra, em particular o seu famoso "carneiro à Bajouca".

DSC00070 (2).JPG

 Só vos digo: começa no dia 11 de Agosto!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:04


Eu também aproveitei

por aquimetem, em 29.07.17

IMG_7726.JPG

Sem contar fui hoje almoçar ao Colombo, e assim perder um almoço que sei a minha esposa tinha preparado em casa, com muito esmero, para este dia. Mas nada se perdeu,  amanhã também é dia.

IMG_7730.JPG

Da capital do barro leiriense veio um convite para que por volta das13h00 aparecermos na zona de restauração colombiana pois tínhamos ali gente amiga à  nossa espera. Assim foi, e a essa hora lá estava a Saudade e o marido para corresponder à chamada. Ainda nas compras, calhou-me a mim ficar a marcar mesa, enquanto a minha cara-metade se encarregou de ir ao "Sr. Bacalhau" buscar o meu menu e à  hora certa aí estávamos todos a dar ao dente e em amena cavaqueira.

IMG_7732.JPG

A Saozita mais a sua filha Ângela, e a comadre Rita que fez promessa de por alturas do aniversário da afilhada dar com ela uma passeata. Desta vez foi o Colombo. Não confundir a foto com o texto, pois os figurantes   são o  casal Costa Pereira, a Ângela e a madrinha Rita, uma vieirense com raízes na Bajouca. A encerrar posso assegurar: Eu também aproveitei

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:17


Foi muito bem acertada

por aquimetem, em 28.07.17

IMG_7725 (2).JPG

 

O povo da Bajouca, salvo raras exceçõs, sabe manter e zelar as ancestrais tradiçõs que o caracterizam e distingue na região leiriense. O trabalho, a união e a generosidade são marcos que no dia a dia servem de orientação na caminhada dos bajouquenses. Também na política, digo eu, ao ver o nome de Rui Silva como candidato à  Junta de Freguesia, nas próximas eleições autarquias. O perfil da pessoa  parece-me o indicado para este momento em que anda tudo quanto é politicante a ver se melhor aldraba o pagode, com promessas que depois não se cumprem. Rui Silva creio eu,  é a figura que vai poder dar à Bajouca o que tem ainda mais para dar aos seus conterrâneos já bem demonstrado  na sua conduta como dirigente e formador de jovens que no escutismo encontram a escola de valores morais e cívicos de que tanto se carece. Haverão outros potenciais candidatos, doutros quadrantes partidários, não sei. Sei que a escolha do PSD foi muito bem acertada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40


Rapazote em terras de Basto.

por aquimetem, em 09.07.17

IMG_7668 (2).JPG

O gosto por ver as aves em liberdade pousar frente à janela do meu quarto faz-me perder alguns momentos debruçado no parapeito sempre que tenho vagar para o fazer. E um dia destes surpreendeu-me ver entre os pássaros o que não é normal acontecer : um chasco-preto. Esta espécie que me recordo abundava nos meus tempos de criança, hoje rareia e ao que li limita-se apenas a “algumas zonas remotas do interior”. Li também que “ frequenta vales com afloramentos rochosos, pousando em grandes rochedos ou em edifícios isolados”. Pelo que observei neste curto espaço de tempo que dispus a seguir os movimentos desta ave irrequieta e tímida o que notei foi ser pouco sociável, mesmo em relação às espécies do seu grupo ou semelhança. São aves residentes da nossa avifauna, que onde têm ambiente se pode ver todo ano. É inconfundível a cauda branca contrasta com o resto da plumagem de tom escuro. Dado como mais localizado no Alto Douro, Beira interior e Alentejo; foi entretanto na Bajouca (Leiria) que neste inicio de Julho de 2017 fiquei radiante por ver uma avezinha que me fez recordar os tempos de rapazote em terras de Basto.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:20


E hoje se viu também

por aquimetem, em 07.07.17

IMG_7649.JPG

Fiquei sem carro e sem mulher, é verdade. De fim de semana prolongado na capital do barro leiriense, no sábado, dia 1, notei que o sistema eléctrico do meu bolinhas tinha avariado e vai de procurar oficina onde resolver o problema. Recorri ao José Carlos que em Carnide (Pombal) é conceituado profissional.  

 

DSCN1056.JPG

Como nestas coisas de electrónica é tudo muito prático quando funciona, o pior vem quando deixa de funcionar, como aconteceu neste meu caso. As complicações obrigaram a recorrer a um técnico que por sua vez não resolveu o problema à primeira, e a viagem de regresso ao outro Carnide (Lisboa) teve de ser adiado. 

IMG_7556.JPG

Só que havia compromissos a respeitar e urgência em os satisfazer, assim foi. De Lisboa veio ontem, dia 5, ao fim da tarde, a minha filha mais o neto, buscar a mãe, deixando-me cá à espera de ter carro e voltar a ter mulher.

IMG_7662.JPG

 Mulher que faz muita falta a homens que não foram ensinados a fazer o trabalho tão nobre como o destinado ao sexo feminino. Mas é assim que também se dá mais valor a quem o tem. 

IMG_7670 (2).JPG

 Entretanto tenho a sorte de ter na família quem me preste assistência, como ontem aconteceu e hoje se viu também. Um muito obrigado à Helena e ao David, e à Saozita e ao Virgílio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00


Uma bajouquense às direitas

por aquimetem, em 02.07.17

19657028_442566772785525_2831624579585629113_n.jpg

Vergonhosamente fui ontem, dia 1, assistir ao festival folclórico do GAU e jantar no pavilhão montado para o efeito, esquecendo-me de levar a objetiva de modo a fazer a adequada reportagem desta participada e animada tarde das Festas de Verão e XXVI Festival Nacional de Folclore. 

19702321_442525026123033_6233489512103170041_n.jpg

Além das forças vivas da capital do barro leiriense também as coletividades artístico-culturais se fizeram notar, com destaque para a Academia Rithmus e a ABAD, que logo no dia 30 brilharam, no Pavilhão da Bajouca, onde a Patinagem Artística e Ju-Jiteu foi sucesso. Só hoje esta festa de três dias ou de fim de semana, chega ao termo.

19510470_442525066123029_542387872371639339_n.jpg

Como não sei lá poderei ir, adianto esta noticiazinha que ilustro com fotos colhidas da Manuela Maria, uma bajouquense às direitas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:46


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D