Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A.B.A.D e o Pisão

por aquimetem, em 15.11.17

DSC01097.JPG

Estou a recordar a fundação da A.B.A.D e a sua primitiva sede na casa da saudosa ti Maria Rata, até que cresceu e deu origem à  importância que a ASSOCIAÇÃO BAJOUQUENSE PARA O DESENVOLVIMENTO tem hoje nesta zona da região leiriense. Já lá vão 25 anos, foi a 28 de Abril de 1992 que o pontapé de saída foi dado. Sem intervir ou fazer parte na fundação, tenho e sinto-me profundamente ligado a um feito que atempadamente dei a saber que faltava na Bajouca. Em artigo que então  publiquei em O Mensageiro de Leiria, com o titulo Pisão da Bajouca, mostrei os horizontes que o ensilvado espaço escondia à  espera de ser arroteado.

DSC01095.JPG

Pouco demorou a ser. Hoje Parque Natural do Pisão, é uma área cultural e social que integra além da zona de lazer, com bar e parque de merendas, também o salão da FEIRIARTE, esta um certame  que ocorre anualmente no 3º fim de semana do mês de Julho. Local muito convidativo e visitado muitas são as iniciativas que contribuem nesse sentido, como noites de fado, festival das sopas e datas festejáveis do género da mais recente, o São Martinho. Confirmo:

"O Parque Natural do Pisão, é sem dúvida, um espaço de rara beleza da região, que proporciona a qualquer pessoa ou grupo, um agradável passeio por entre as muitas árvores e arbustos de varias espécies! E considerado por muitos o cartão-de-visita da Bajouca"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:50


Não é costume

por aquimetem, em 10.11.17

20396699_SeYlN[1].jpg

O ano não tem sido dos melhores para o que foi sustento que a batata veio substituir quando chegou à Europa. A seca que neste 2017 tantos problemas já causou aos portugueses, desde incêndios dramáticos, à  falta de água nas barragens e também nos lençóis subterrâneos, até os frutos do castanheiro atacou já que com sede a castanha não se desenvolveu e os ouriços ficaram por abrir. Mas nem por isso deixei de comer castanhas quentinhas e boas que em magusto caseiro fui na 5ª-feira comer ao Casal dos Afonsos a convite do David e da Helena. Fruto que veio de Viseu e a pinga não sei de onde, mas que era boa, era.

DSC00992.JPG

Hoje, é outro dia, e amanhã continua, mas... no Bernardino. Vai ter reportagem especial. Em dia normal foi comer por minha conta e depois o tradicional café na Isabel. Desta vez até a São e Manuel "jardineiro" desceram aos 13.

DSC00993.JPG

Também da Bajouca Centro a Bela desta vez foi com mais vagar. Não é costume

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:20


Ficaram só quatro

por aquimetem, em 09.11.17

DSC00983.JPG

O cafezinho do fim de almoço na Bajouca faz parte da ementa diária, um vício que em Lisboa só aos domingos acontece no fim da Missa em São Lourenço de Carnide. Um grupo feminino em que a minha cara-metade se integra, por volta das 13h30 sai da Bajouca Centro a caminho do Largo dos 13 para abancar na Isabel ou nas Piscinas e ali além do cafezinho aproveitarem para desenferrujar a lingua. Por norma vou também, mas opto por ir de po-pó, pois assim mo pedem as pernas, e eu faço-lhes a vontade. No dia 7, 3ª-feira, havia funeral às 15h00, e como na Bajouca quem está disponível não falta nestes eventos ou outros que mexam com o sentimento comunitário, o grupo habitual decidiu não tomar café. Só que dos Pousos-Leiria  veio ao funeral um casal de sobrinhos, que decidiu convidar os tios a ir ao café das Piscinas, tomar a respectiva dose e eu fui. Com a Maria Emília, no Centro  Dia, que fica ao lado, foi passar por lá e convidá-la a fazer-nos companhia.

DSC00986.JPG

Hoje já  tudo voltou ao normal e parte do grupo se reconstruiu, e até a Bela e mana Gina por ali passaram de fugida. Nem tempo deu para retratar....Ficaram só quatro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:14


Sentidos pêsames

por aquimetem, em 07.11.17

DSC00981 (2).JPG

Faleceu, com 88 anos, a Srª Lurdes Pereira Jerónimo, viúva de António Gaspar ou "Marinha", e o seu funeral, após missa de corpo presente às 15h00, na igreja paroquial da Bajouca,teve lugar no cemitério da respectiva freguesia. Presidiu o pároco Sr. Padre Davide Gonçalves, e o Sr. Padre David Pedrosa, membro da familia concelebrou. Afecta a uma prestigiada família bajouquense, a saudosa extinta era mãe de Maria Adelina, Maria do Céu Jerónimo Gaspar, Maria da Conceição Pereira Gaspar da Silva, Victor, Jerónimo, António, Maria Otília e Natalina Pereira Gaspar. A todos os familiares desta saudosa bajouquense que foi residente na Rua do Vale-Bajouca, apresento os meus sentidos pêsames, em particular a sua cunhada Lucília Sousa, irmã Madalena e ao cunhado Sr. António Mestre. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:43


O rapaz tem bom gosto.

por aquimetem, em 06.11.17

DSC00949.JPG

Quase que nem se deu pela falta física do ZÉ e da Beatriz "Rata" que foram anfitriões do Casal dos Afonsos, tal o ambiente fraternal e harmonioso que notei neste familiar almoço que me fez recuar a anos que já não voltam. Para fazer a romagem que no Dia de Fieis Defuntos, a comunidade bajouquense não fez ao cemitério, pelo facto do dia 2 de Novembro ter calhado à  quinta-feira,  foi a mesma transferida para o domingo seguinte, dia 5. Resultou daqui os dez herdeiros vivos desse saudoso casal de cunhados meus se juntarem ali e à boa maneira dos tempos idos montar a mesa grande da alpendrada para almoçarem. 

DSC00956.JPG

De Belas, veio a Maria do João Paiva, mais a "Bia", sua filha, e a Irene com o filho Pedro; de Mafra, o Carlitos e a Gabriela sua esposa.

DSC00978.JPG

E de Leiria, a Prazeres e o Zé Carreira, proprietários do café restaurante COURTESY MARGIN, donde  carregaram com o almoço que ofertaram a todos os convivas. Os restantes têm residência na terra, só o Raul que  indirectamente também esteve na origem deste repasto é que temporariamente vive na Marinha Grande.

DSC00972.JPG

Dá gosto apreciar o relacionamento amistoso e leal desta família numerosa de irmãos sempre que, aqui ou ali, é precisa a inter-ajuda para acudir a qualquer urgência de cariz social ou outro. Nessas ocasiões aqui os temos prontos a esforçarem-se na sua concretização.Pese por vezes a disponibilidade e a generosidade sobrecarregue mais uns do que outros. É lógico. A doença do Raul e o cuidar da limpeza da casa e das refeições do poeta João nos fins de semana, são bem a prova dessa fraternal união dos nascidos no Casal dos Afonsos. Faltou dizer que nas deslocações do Raul à  Bajouca, a visita à  Isabel dos 13 é obrigatória por imposição dele. O rapaz tem bom gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34


Esta minha sobrinha é excepcional 

por aquimetem, em 24.09.17

IMG_0103.JPG

Já tinha saudades de visitar o Sr. Padre Abel e a D. Rosa. Calhou hoje graças à Saozita sempre disponível para atender quem carece do seu generoso apoio social que dá mesmo em prejuízo das horas destinadas ao descanso e lide da casa. Mas isso é já bem conhecido e reconhecido pela comunidade bajouquense.

IMG_0105.JPG

No sábado, dia 23, foi mais uma demonstração dessa virtude sua, ao convidar e por ao dispor dos tios a sua viatura de transporte pessoal e vai de marcar uma deslocação a Fátima para as 14h30. Pouco passava dessa hora e lá estava o carro ao portão, com mais duas penduras como nós, a Madalena e a Bela.

IMG_0110.JPG

Com carro de sete lugares, dois tinham que ficar reservados para dar boleia aos dois amigos que estiveram na origem desta visita.

IMG_0111.JPG

Sempre que se visita o Sr. Padre Abel tem que haver almoço ou lanche, desta vez foi lanche servido numa pastelaria denominada a Aldeia dos Sabores, que fica nos Cardosos,  na estrada de Leiria para Fátima.

IMG_0115.JPG

 A escolha foi ao gosto da Saozita, e além dessa surpresa foi outra: Quando nos preparávamos para dar por concluído o lanche-convívio surge um bolo recheado de frutos e uma vela onde constava o numero 80. Era o assinalar dos 80 anos da ti Saudade, minha esposa, feitos em Junho e nos quais o Sr. Padre Abel e a D. Rosa não puderam festejar por compromissos anteriormente assumidos. Esta minha sobrinha é excepcional 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34


Na foto ao lado do Raul

por aquimetem, em 20.09.17

IMG_0079.JPG

Bem. Sem fazer conta cá vim ontem de Lisboa até à capital do barro leiriense e pelo  tardio da hora para fazer o almoço em casa, ganhou a Isabel dos 13, onde com a minha esposa fomos almoçar. Pesou nesta deslocação o aniversario do meu sobrinho Raul Afonso, que fez hoje, dia 20, nada como 57 anos. Uma bagatela em relação ao tio, que já ronda os dois carros.

IMG_0085.JPG

Deixando a Residência Sénior da Redinha (Pombal) onde permaneceu mais de 4 meses, o Raul teve de aguardar que lhe escolhessem uma residência similar que foi na Marinha Grande. Lá fui hoje conduzido pelo seu cunhado Virgílio Alberto cantar os parabéns ao aniversariante em coro com muitos familiares e amigos deste membro da família Afonsos da Bajouca.

IMG_0087.JPG

Pareceu-me que não fica pior servido nesta troca de residência sénior que os nossos serviços de saúde obrigam a fazer, tornando a vida ainda mais complicada para quem doente carece de cuidados continuados e atempados. Bonito de ver 9 dos seus irmãos espalhados por várias terras do país se juntar neste dia para alegrar o mano e com ele conviver feliz pela companhia. Aqui ladeado pela sua irmã mais velha, a Zezita,  e pela mais nova, a Sãozita.

IMG_0089.JPG

Mas é o que temos e já que não há outro remédio, temos que aceitar de cara alegre, porque se triste, pior ainda. É como costumo fazer, cara alegre, embora nem sempre apeteça. Mas foi talvez por isso que este generoso conjunto de sobrinhos para associar os tios ao evento  também os convidaram a figurar na foto ao lado do Raul.

 O vídeo dá outro efeito

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13


Não sou eleitor na Bajouca

por aquimetem, em 17.09.17

IMG_7725 (2).JPG

Isto já divulguei eu em post muito anterior, mas vou repetir e acrescentar mais um outro cadidato, o do CDS :

"As próximas eleições autarquias na freguesia da Bajouca (Leiria) vão ser renhidas, pois tanto o candidato do PSD, como o do PS são duas figuras muito estimadas na terra e só nas actividades profissionais se diferenciam. O que quer dizer que são dois bajouquenses estimados pelos seus conterrâneos. Em matéria de serviço à comunidade o Rui Silva destaca-se no escutismo de que é responsável e dirigente no Agrupamento 1226.

DSC00080.JPG

Já o Pedro Pedrosa, o "Pinta", é outro generoso bajouquense que à  frente do GAU tem demonstrado o seu dinamismo e desejo de servir. Em tudo não devem andar muito afastados dos mesmos ideais, os de servir a comunidade. Também os partidos que os escolheram jogaram nessa mesma cartada. Agora o eleitorado é que vai sentenciar. "

IMG_0058.JPG

E como disse não nos ficamos por aqui, para surpresa minha surge agora o João Fernandes Pedrosa, também um outro bajouquense muito conceituado a encabeçar a lista do CDS, partido que na Bajouca tem certa implantação. Têm os bajouquense muito por onde escolher, mas  uma vez mais repito é ao eleitorado que compete a decisão de eleger quem supõe ser o mais apto para durante 4 anos mostrar aquilo que vale. Da minha parte tenho nestes três bajouquenses muito respeito e amizade, e quanto ao meu voto não sou eleitor na Bajouca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:58


Um Bispo amigo da cidade e dos portuenses.

por aquimetem, em 13.09.17

Antonio_Francisco_dos_Santos_Bispo_de_aveiro.JPG

Cheguei feliz com o passeio acabado de dar por terras alemãs, mas logo fiquei profundamente triste com a noticia da morte de um amigo que muito estimava e admirava, D. António Francisco dos Santos. Faleceu ás 9h41 de segunda-feira vítima de um enfarte agudo do miocárdio. A ultima vez que nos encontramos foi em Agosto de 2014, era ele ainda bispo de Aveiro. Em post que divulguei a 11 desse mês em TERRASDOLIS, relatei: "Desde há bastante tempo informado que a esse acto vinha presidir um ilustre membro do episcopado português, por quem nutro muita estima e admiração, não podia perder a oportunidade de mais uma vez lhe pedir a bênção episcopal e ofertar  o mais recente trabalho que sobre o culto Graciano escrevi. Se vai ter vagar e paciência para o ler é que duvido muito; mas o certo foi que mais uma vez nos encontramos e serviu de pretexto para falar do Monte Farinha, e até em D. Amândio que soube foi seu professor, e por isso - digo eu -, um bom motivo para numa primeira oportunidade o ver convidado a presidir  à  Grande Peregrinação de Setembro, na Senhora da Graça, diocese de Vila Real ". Gosto fazia eu, mas já não pode acontecer. Como figura humana, retrata-o muito bem um seu colega no episcopado, D. António Couto, ao esboçar:  "tinha os olhos limpos e o coração Limpo ". Acrescentando que nos deixou "o bispo sorridente, sincero e espontâneo". Tendais-Cinfães, perdeu um filho ilustre e muito santo - até no apelido - que foi bispo-auxiliar de Braga, Bispo titular de Aveiro e titular  do Porto, onde com 69 anos, completados a 29 de Agosto, faleceu. Também ao encerrar desta triste noticia cabe incluir uma amarga ironia do Padre Américo Aguiar: "Concluo que, em relação ao Porto, a bondade faz mal à  saúde. A bondade era a palavra que o definia e só posso dizer que a bondade faz mal à  saúde". Isto, disse, em alusão ao facto de outro bispo de Porto, D. Armindo Lopes Coelho, ter sofrido uma hemorragia  cerebral enquanto ainda bispo da cidade, tendo vindo a morrer em Setembro de 2010. Perdi um amigo e o Porto um bispo amigo da cidade e dos portuenses. O seu funeral será hoje da parte de tarde, onde ficará sepultado na cripta da capela de São Vicente, nos claustros da Sé do Porto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:36


Rico fim e inicio de nova semana.  

por aquimetem, em 31.08.17

 

DSC00433.JPG

Tive um fim de semana em beleza, com familiares em casa, convívio no Sábado com um grupo de amigos nascidos em 1938, e no Domingo uma deslocação à  Redinha (Pombal) com o Carlos Afonso que foi buscar irmão Raul e juntos almoçamos na Isabel, dos 13.

DSC00323.JPG

A minha gente transmontana deixou-me logo pela manhã, e por pouco nem me despedia deles. Ficaram na cama, quando saí para ir à  missa dominical das 09h00. Só voltei por volta das 10h00, ao regressar , andavam eles à  mais de meia hora aflitos para se despedirem de mim, sem missa. Mal cheguei, um beijinho e ai vão eles direitos a Vila Real, sei que por volta das 13h00 já tinham chegado ao seu destino, segundo informação da minha sobrinha Isabel Cristina, professora a leccionar na região de Paredes.

DSC00436.JPG

No decorrer do almoço apareceu a Helena, mais a tia Saudade para tomarem o seu café da ordem. Já almoçadas, mas fez jeito pois faltava quem me apanhasse...à mesa.

DSC00441.JPG

E pronto, o dia passou-se sem no entretanto esquecer uma visita surpresa ao Lar onde soube ia encontrar um sacerdote meu amigo ali hospedado. Agradeço o favor ao meu sobrinho David por me ter conduzido até lá.

DSC00444.JPG

O Raul é figura muito estimada na sua terra e agora mais que nunca, os amigos quando sentem a sua presença na terra aproximam-se para falar com ele e saber do seu estado de saúde, até a Isabel, dona do Ka-Te-Kero se deixou fotografar a seu lado

DSCN1059 (2).JPG

Lisboa esperava por mim, e hoje pela manhã aí venho eu da Bajouca para Lisboa, com muita chuva no trajecto ( A8), que nas proximidades do Bombarral caia a potes. Antes de sair fui à  igreja fazer uma visita, parando na sede de freguesia para cumprimentar a Catarina, uma funcionaria de cinco estrelas. Cheguei e agora estou à  espera que o meu neto "Alvarito" apareça para com os avós maternos passar a tarde; antecipadamente os meus vizinhos, Sr. António e a D.Ilda ofereceram o cafezinho que faltava no fim  almoço. Rico fim e inicio de nova semana.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:54


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D