Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Como pinha verde muito unida.

por aquimetem, em 27.12.17

DSC01581.JPG

Antes do meu “Alvarito” com os pais deixar os avós maternos na capital do barro leiriense e regressar a Lisboa, fui mais a avó com ele visitar os presépios que no interior da igreja da Bajouca merecem ser visitados. Trabalho excelente que os alunos da catequese paroquial com muita arte e imaginação construíram e ali expuseram para nesta quadra natalícia poder ser admirado.

DSC01588.JPG

Já no exterior ou melhor dito no adro da igreja pode quem passa ver o já tradicional “Presépio da Bajouca” que foi inaugurado na noite de Natal e desse evento dei noticia, como também é tradição minha.

DSC01553.JPG

Terra muito rica de tradições e pratica cristã, bom seria que não perdesse tal característica que a distingue na diocese leiriense, a par de outras como Souto da Carpalhosa, Santa Catarina da Serra, Caranguejeira e outras que em filhos sacerdotes e religiosos tão generosa tem sido. Que o vírus da “modernidade” por vezes tão prejudicial como danoso ao comportamento social da juventude não suje a imagem exemplar duma Bajouca alegre, dinâmica, generosa e como pinha verde muito unida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D